Redes Sociais às 10:14

Yasmin Brunet vibra na estreia vitoriosa de Medina: ‘Você é fo**!’

(Foto: Rerodução/ Instagram)

Vetada da delegação do Brasil em Tóquio, mas sem deixar de torcer, Yasmin Brunet protagonizou um momento divertido ao narrar a bateria de Gabriel Medina nas Olimpíadas. O atleta já está nas oitavas de final e embora não tenha conseguido ondas boas durante a sua bateria, mostrou o porquê é um dos melhores do mundo. Para alegria de Yasmin, que acompanhou a prova do marido ao vivo e mostrou tudo em seu perfil no Instagram na noite de sábado, 24 de julho.

“É isso p***. Você é fo**, você é incrível e vai trazer o ouro para o Brasil. Não tinha onda! Como é que o cara faz isso sem onda!? Sinto que esse é o ano dele. Ele merece muito, muito, muito! Esse é o nosso campeão! É o nosso orgulho!”, disse a filha de Luiza Brunet.

Eufórica com as manobras que o surfista conseguiu criar nas pequenas ondas de Tóquio, a modelo se desculpou pelo excesso de energético que havia bebido antes de abrir a live.

“Desculpa se tremer. Eu tomei muito energético, não sei se vou conseguir. Não estou nem raciocinando”.

Yasmin contou que estava assistindo à prova no canal por assinatura SporTV 3, e reclamou, indignada, pelo fato de a competição não estar sendo transmitida na Globo.

Veja +: Do Brasil, Yasmin Brunet manda recado para Gabriel Medina

Depois que Gabriel Medina recebeu nota dez em uma bela manobra, Yasmin chamou o marido de Aquaman (super-herói que faz tudo na água) e sugeriu que em Tóquio ele fosse reconhecido como o Poseidon (deus dos mares e oceanos) do surfe. Ele terminou a competição em primeiro lugar;

“Isso, c**, lindo. É isso, p*. Esse é o ano do Gabriel. Ele merece muito e vocês nem sabem o quanto. Estou muito confiante que ele vai trazer o ouro para a gente”, disse a bela.

MEDINA DEU O NOME

Gabriel Medina começou em desvantagem na sua bateria, mas as ondas da vitória apareceram a partir da metade da disputa. A menos de 10 minutos do fim, o marido de Yasmin Brunet surfou para um 6.20. Pouco depois ele conseguiu um 6.03, assumindo de vez a liderança.

Já Michel Bourez, que é taitiano, mas representa a França nas Olimpíadas, conseguiu ondas de 5.43 e 4.67, avançando na segunda colocação com 10.10. O terceiro lugar ficou com o alemão Leon Glatzer, que teve um total de 10.00. Ele só terminou à frente de Carlos Munoz, da Costa Rica, que terminou a bateria zerado.

BRASILEIROS FAVORITOS

Em Tóquio, Gabriel Medina e Ítalo Ferreira, os dois representantes brasileiros, são favoritos ao ouro e passaram direto às oitavas. As disputas estão sendo realizadas nas ondas de Tsurigasaki, em Ichinomiya. Na bateria 1 da primeira rodada, Italo Ferreira confirmou o favoritismo ao vencer com um somatório de 12.90. Horas depois foi a vez de Gabriel Medina entrar na água e avançar em primeiro na bateria 5 com um total de 12.23 pontos. As oitavas (round 3) acontecem apenas neste domingo, 25 de julho. a partir das 19h (7h de segunda no horário japonês).

VETADA DA COMPETIÇÃO

Yasmin Brunet não foi credenciada pelo Comitê Olímpico do Brasil (COB) para acompanhar Gabriel Medina na competição. O artista embarcou para o Japão, onde competirá no surfe neste sábado, dia 24 de julho. O surfe faz a sua inauguração nos Jogos Olímpicos assim como o skate. O atleta expressou sua tristeza por não ter a modelo ao seu lado.

“É chato, não estou indo 100%. É ela quem me dá força e eu gosto de estar junto dela”, disse Medina.

A filha de Luiza Brunet acompanhou o marido no aeroporto e tentou minimizar a situação. “Ele vai estar 100%, com certeza absoluta”, declarou. “Tudo está dando certo para ele conseguir esse ouro e para ele ser tricampeão (mundial de surfe) esse ano”, completou a modelo.

Veja +: Luiza Brunet pede calma para Yasmin e Medina em meio à treta familiar