LGBTQIA+ às 22:00

Christina Ricci sabe o que é homossexualidade graças a Johnny Depp

christina ricci falando de johnny depp em entrevista ao siriusXM
Reprodução/Youtube/Canal SiriusXM

Christina Ricci fez uma revelação um tanto inusitada e inesperada ao ser entrevista por Andy Cohen durante uma recente aparição em seu programa de rádio “SiriusXM”. O assunto? Homossexualidade e Johnny Depp.

De acordo com a artista, durante as filmagens do longa-metragem “Minha Mãe é uma Sereia”, lançado em 1990, foi o astro de “Piratas do Caribe” que lhe contou, aos nove anos de díade, o que era homossexualidade. Na época, o ator estava namorando com Winona Ryder, colega de elenco da atriz.

“Algo estava acontecendo no set e alguém foi rude com outra pessoa. E eles disseram: ‘Ah, bem, pode ser homofóbico’. E então eu disse: ‘Bem, eu não entendo o que é isso’. E eu estava no trailer de Winona e ela disse: ‘Eu não sei como explicar’”, revelou a artista.

Leia+: Johnny Depp quase levou nudes de Amber Heard no Tribunal. Entenda!

Então ela me colocou no telefone com o Johnny, e ele me explicou. Ele falou: ‘É quando um homem quer fazer sexo com outro homem. E quando uma mulher quer fazer sexo com outra mulher’. E eu falei: ‘Okay’”, concluiu Christina Ricci.

Andy Cohen então lembrou do fato de que Cher, grande ícone da comunidade LGBTQIA+, estava no elenco do filme, e que deveriam ter falado com ela, e não Johnny Depp. “Sim, eu sei, deveríamos ter corrido para o camarim de Cher”, concordou Ricci.

NOVA TESTEMUNHA CONTRA AMBER HEARD

Falando da vida atual de Johnny Depp, foi em junho deste ano que acabou o julgamento do artista contra Amber Heard. Entretanto, isso não foi o suficiente para fazer com que novos dados sobre o assunto parassem de surgir.

A imprensa internacional teve acesso aos documentos oficiais do processo, que revelam que há uma nova testemunha que confirma a versão de que Amber Heard havia cortado o dedo do ator com uma garrafa.

Amiga e ex-chefe da irmã da atriz, Jennifer Howell, declarou para advogada que possui conhecimento sobre o episódio, que aconteceu em 2015, durante uma discussão do casal. Na ocasião, a irmã de Amber Heard estava no trabalho e, após ela receber uma ligação telefônica, saiu exclamando repetidamente:

Leia+: Johnny Depp sofre de impotência sexual, dizem advogados de Amber Heard

“Ela cortou o dedo dele. Ela cortou o dedo dele”. A advogada de Johnny Depp, Camille Vasquez, solicitou que a testemunha especificasse quem seriam “ele” e “ela”. “Eram Amber e Johnny. E ela, aparentemente, tinha atirado uma garrafa e cortou-lhe o dedo, foi o que ela contou depois de ter saído para fazer uma chamada”, relatou Camille.

Vale ressaltar que, no tribunal, Amber Heard negou a violência e acusou Depp de ter se cortado sozinho. Recentemente, uma informação até então desconhecida acabou se tornando pública por meio do site Page Six: Amber Heard relatou que Johnny Depp sofre de disfunção erétil.

Siga OFuxico no Google News e receba alertas das principais notícias sobre famosos, novelas, séries, entretenimento e mais!