LGBTQIA+ às 07:46

Final de “No Limite” também é uma vitória LGBTQIA+

Final de "No Limite" também é uma vitória LGBTQIA+
Foto: TV Globo

A final de “No Limite” na quinta-feira, 07 de julho, teve domínio de homens, verdade, mas todos parte da população LGBTQIA+. Charles e Lucas são gays e Ipojucan, bissexual. Diversidade não faltou nessa temporada. Victor, quarto colocado no jogo, também é gay.

Ficou claro que existe muita força dentro de um grupo pouco representado. Aliás, essa temporada do reality de sobrevivência trouxe muita diversidade. Um terço do elenco era LGBTQIA+ e pelo menos nove participantes, pessoas pretas ou pardas.

Apesar das discussões sobre machismo estarem muito presentes, o jogo trouxe uma vitória importante para a representatividade na TV. Um dos participantes, Janaron, mostrou a cultura indígena, raiz do Brasil, no horário nobre da televisão. Algo difícil de se ver, mas necessário.

A diversidade na Globo se reflete em outros aspectos. Um exemplo é “Cara e Coragem”, a novela protagonizada por Paolla Oliveira e Marcelo Serrado coloca em posições de poder personagens pretos. Outra situação que, infelizmente, ainda é motivo de notícia, porque não acontece com frequência.

Leia+: Após eliminação da última mulher, final de “No Limite” só terá homens

VITÓRIA DE CHARLES

Charles venceu a temporada 2022 de “No Limite“, Globo. Fernando Fernandes anunciou o terceiro colocado, que ganhou R$50 mil: Lucas recebeu 24,15% dos votos. A escolha do segundo colocado foi apertada. Ipojucan recebeu 24,43% de apoio. Preferido do público, o tutor em educação recebeu 51,42% de aprovação, os R$500 mil e mais um carro.

Leia+: No Limite: Briga sobre machismo movimenta reality

Fernando Fernandes quis saber como o carioca se sentia. Para o vencedor, é o resultado de uma estratégia de jogo que deu certo ao longo de todas as rodadas:

Vocês não estão entendendo o que estou sentindo. Entrei nesse jogo para ganhar, fazer boas amizades. Entrei para jogar e jogar significa conhecer todo mundo, me abrir para todo mundo e fazer o mesmo nas provas. A sensação é de dever cumprido!”

Antes de fazer o anúncio, o apresentador pediu para que os finalistas resumissem o jogo em uma palavra. Charles disse que a experiência o marcou como resiliência, enquanto Ipojucan escolheu emoção e Lucas amadurecimento.

Siga OFuxico no Google News e receba alertas sobre as principais notícias sobre famosos, novelas, séries, entretenimento e mais!