Notícias às 20:42

Angelina é vista saindo com seu filho Pax do apartamento de Jonny Lee Miller, ex-marido da famosa

angelina jolie posa de camisa vermelha

Reprodução/YouTube

Na última terça-feira (15), o “Daily Mail” divulgou novas imagens de Angelina Jolie visitando o apartamento de Jonny Lee Miller, ator com quem Jolie foi casada por um ano, de 1996 à 1997. A famosa já fora flagrada indo outras vezes ao local, em uma ocasião em que apareceu sozinha e sem seguranças, permanecendo algumas horas na casa de Jonny, segundo o “Page Six”.

Desta vez, a artista foi ao apartamento acompanhada de seu filho Pax, fruto de seu casamento com Brad Pitt, e de seguranças também. Angelina mora em Los Angeles, mas está em Nova York atualmente com seus filhos para comemorar o aniversário de 46 anos.

Veja+: Angelina Jolie vai apelar a decisão do juiz sobre a guarda dos filhos

A atriz já havia declarado anteriormente que seu divórcio com Jonny fora completamente pacífico, e que ela amava ser a esposa do ator. Inclusive, ambos continuaram amigos após a separação, que teve como motim a agenda de gravação dos dois, que tinham de permanecer em países diferentes enquanto ainda estavam juntos.. Em contrapartida, nos últimos meses Jolie trava uma briga judicial intensa com Brad Pitt, lutando pela custódia dos filhos.

Será que veremos uma possível reconciliação entre ela e Jonny?

Veja+: 46 anos de Angelina Jolie: Uma vida de sucesso e polêmicas

Foto com abelhas

Angelina Jolie, que costuma ligar sua imagem a causas sociais em que acredita, surpreendeu ao posar coberta de abelhas, para mostrar a importância dos insetos no meio ambiente.

Na data em que celebra-se o Dia Mundial das Abelhas, a atriz se juntou à National Geographic, para conscientizar a sociedade sobre o tema.

A deusa usou um vestido sustentável da estilista de Gabriela Hearst.

“Com o tanto de preocupação que o mundo está enfrentando e a sobrecarga com más notícias, este é um problema que podemos controlar”, disse a artista.

A beldade também falou de sua ligação com o programa da UNESCO, “Mulheres Para As Abelhas”.