Notícias às 14:50

Bill Gates prevê fim da pandemia e dois novos desastres

Bill Gates sem óculos, sentado no sofá

Bill Gates sem óculos, sentado no sofá (Foto: Reprodução Instagram)

O cofundador da Microsoft, Bill Gates, foi entrevistado esta semana para o canal de notícias polonês TVN24, e lá ele deu uma notícia prometedora: ele previu que a pandemia da Covid-19 em curso terminará até o final de 2022. O magnata tecnológico afirmou que o mundo finalmente voltará ao normal nessa época.

O empresário previu corretamente uma pandemia global de saúde em 2015, quando disse que o mundo não estava pronto para o próximo grande surto, que foi o que aconteceu no final de 2019 com o surgimento dos primeiros casos do coronavírus no mundo.

Veja+: Divórcio de Melinda e Bill Gates continua dando polêmica

Bill Gates é um dos principais investidores na fabricação e distribuição de vacinas em todo o mundo por meio de sua Fundação Bill e Melinda Gates.

Segundo o jornal The Sun, a organização está ajudando ativamente a Organização Mundial da Saúde (OMS) no fornecimento de vacinas para países de baixa e média renda por meio da iniciativa COVAX da agência de saúde da ONU.

Novas e dramáticas previsões

Se Bill Gates previu essa crise sanitária mundial, o mercado está com os olhos abertos depois que ele previu dois novos desastres para a humanidade: mudanças climáticas que vão continuar afetando gravemente a vida e bioterrorismo, que segundo ele poderá ser capaz de ‘exterminar milhões de seres humanos da Terra’ nos próximos anos.

Veja+: Filha de Bill Gates fala sobre a separação dos pais

Mas para ele o bioterrorismo é a ameaça mais perigosa à espreita porque alguém, que quer causar danos, pode criar um vírus e espalhá-lo.

Divórcio polêmico

Segundo o site americano TMZ, o divórcio de Melinda e Bill Gates pode se complicar com a falta de um acordo pré-nupcial. O casal anunciou sua separação no Twitter há um mês, e apesar de serem um dos casais mais ricos do mundo, eles nunca fizeram um contrato pré-nupcial para facilitar a divisão dos bens.

Normalmente, casais ricos assinam este acordo para segurança financeira e proteção. Depois de 27 anos de casamento, três filhos e uma corporação bilionária, a publicação afirma que não precisa ser um gênio para entender que esse divórcio será caro e ‘potencialmente complicado’.

Veja+: Melinda Gates tentava se divorciar há anos

Nesse caso os bens materiais seriam divididos meio a meio, e isso indica que Melinda Gates poderia se tornar a segunda mulher mais rica do mundo, ao receber US$ 73 bilhões (R$ 372 bilhões) após o divórcio.

Bill e Melinda Gates se conheceram quando ela se juntou à famosa empresa dele, a Microsoft.