Notícias às 12:00

Príncipe Andrew quebra o silêncio sobre a morte do pai, o Príncipe Philip

Grosby Group

Príncipe Andrew concedeu uma rara entrevista para lamentar a morte de seu pai, o Príncipe Philip, no domingo (11). Esta é a primeira vez que ele aparece em público, atendendo a imprensa, depois dos escândalos em que se viu envolvido, e que resultou em seu afastamento de seus deveres reais, desde 2019.

O duque de York, de 61 anos, e filho da rainha Elizabeth e do príncipe Philip, falou com um seleto grupo de pessoas do lado de fora da Capela Real de Todos os Santos, após uma missa, em Windsor.

Ele falou como está a mãe diante desse triste acontecimento:

Mulher que acusa Príncipe Andrew dá opinião sobre entrevista de Meghan e Harry

“A Rainha, como você esperaria, é uma pessoa incrivelmente estoica [que se mostra impassível ou resignada perante a desgraça ou a adversidade]. Ela descreveu seu falecimento como um milagre, e ela está apenas contemplando, eu acho que é o que eu diria", disse Andrew com o semblante triste.

Ele continuou: “Ela descreveu isso como tendo deixado um grande vazio em sua vida, mas nós, a família, os que estão mais próximos, estamos nos unindo para ter certeza de que estamos lá para apoiá-la. Sei que há um grande apoio, não só para ela, mas para todos, conforme passamos por essa enorme mudança”, explicou.

O perfil oficial do Instagram da família real também publicou fotos de Andrew após o culto de domingo.

Príncipe Andrew não quer o irmão, Príncipe Charles, como rei

"Durante grande parte de sua vida de casado, o duque de Edimburgo esteve intimamente envolvido na gestão dos bens privados da Rainha: Sandringham e Balmoral, bem como Windsor Great e Home Parks. A Rainha e o Duque são retratados aqui em 1972 em Balmoral com seu Rebanho de Gado das Terras Altas.
O duque trabalhou com trabalhadores, fazendeiros e conservacionistas para manter as propriedades para as gerações futuras, por meio de iniciativas de conservação da vida selvagem e biodiversidade. Nos últimos anos, Sua Alteza Real recebeu atualizações regulares e teve um grande interesse nos desenvolvimentos nas propriedades.
Fotos: Depois de assistir ao culto matinal na Capela Real de Todos os Santos, O Duque de York, o Conde e a Condessa de Wessex e Lady Louise se encontraram com os trabalhadores do Windsor Estate para agradecê-los por seu apoio, principalmente nos últimos dias."

Após funeral de Philip, Rainha terá duas semanas de luto

Foto do ano de 1972, da Rainha Elizabeth II com o marido, Príncipe Philip

A imagem está na página do Instagram @theroyalfamily

Participará do funeral?

Um novo drama surgiu no seio da família real com a morte do Príncipe Philip. Segundo o jornal Daily Star, é possível que o Príncipe Andrew não assista ao funeral do pai, devido às investigações que continuam sobre sua amizade com o falecido pederasta e depredador sexual Jeffrey Epstein.

Andrew foi afastado de todos os compromissos públicos e passou praticamente todo o ano de 2020 em lockdown, longe dos olhos dos ingleses, em sua casa com sua ex-esposa a duquesa de York, Sarah Ferguson, seu maior apoio nesse drama que vive.

O irmão do Príncipe Charles já havia sido informado que ele não participaria nem do evento em comemoração aos 95 anos da mãe, a rainha Elizabeth II e muito menos dos 100 anos de Philip, que seria celebrado em 10 de junho se o duque de Edimburgo não houvesse morrido.

Príncipe Charles faz homenagem emocionante ao pai: 'Amado e apreciado'

"Sua participação – se é que ele poderá apresentar-se publicamente – será o mais mínima possível", revela uma fonte do diário.

"Mas sendo o funeral de seu pai, e o quanto Philip sofreu ao ter de minimizar a presença de seu filho nas comemorações de seu centenário, a rainha deve permitir que ele se despeça em privado do pai", justifica o informante.

Durante o período difícil que Andrew viveu, Philip foi seu maior apoio.

"Ele continuou apoiando o filho em meio às acusações e investigação de pedofilia e abuso sexual (…) Ele era extremamente amoroso e orgulhoso de seu filho, mas sabia que precisava abrir mão pelo bem da realeza".

Andrew foi visto chegando no Castelo de Windsor para se reunir com a família, que começou um luto de oito dias pela morte de Philip.

Comenta-se que o funeral acontecerá dia 17 de abril, e somente 30 pessoas estão na lista da cerimônia.

Saiba detalhes do funeral do Príncipe Philip