Notícias às 07:18

Shows ao vivo no The Voice Brasil destacam votação popular e discurso de Brown

Divulgação/TV Globo/Raquel Cunha

Reta final do The Voice Brasil! Na noite de terça-feira (8) o reality musical entrou na fase dos Shows ao Vivo, na qual cada time é representado por três vozes por apresentação. O público escolhe o primeiro cantor a seguir na disputa, e o técnico escolhe o segundo. Após a a apresentação de 12 vozes, 08 foram classificadas para semifinal e 04 deixaram a competição.

Com Fabiana Souto, ao som de Expresso 222, de Gilberto Gil o Time de Michel Teló foi o primeiro a se apresentar.

“Fabiana, pra mim, é a rainha das divisões”, disse  Carlinhos Brown.

Glícia França interpretou Sabiá, de Luiz Gonzaga.

“Que vontade de dançar, foi lindo. Glícia é um fenômeno", elogiou Lulu Santos.

Com Covid-19, participantes são eliminadas do The Voice Brasil

Manso finalizou com Blackbird, dos Beatles e Tiago Leifert contou que ele conta com o apoio da síndica do prédio onde mora.

"Minha mãe e minha namorada imprimiram um monte de coisas e colocaram embaixo das portas”, disse o participante.

“Crime eleitoral no The Voice Brasil!”, brincou Leifert.

Internauta reage ao The Voice Brasil

O técnico fez suas considerações.

“Fabiana, quando você se apresenta é um show. Foi gostoso ver você cantar, se divertir e divertir a gente. Glícia, seu crescimento foi surreal. Seu timbre é muito especial e a afinação foi impecável. As apresentações foram muito equilibradas”, disse.

O público de casa salvou Manso, com 45,04% dos votos. Teló decidiu seguir com Glícia e Fabiana deixou a disputa.

Homenagem às crianças assassinadas

O Time Brown se apresentou em seguida com Amanda Coronha, ao som de Can't Take My Eyes Off You.

“Amanda tem técnica vocal, ela é muito segura em cima do palco, uma grande de candidata desse programa”, observou Teló. .

Cleane Sampaio cantou Disparada, de Geraldo Vandré.

“Ela tem um borogodó, né? Voz superespecial”, elogiou Iza.

Tibi mostrou a música autoral O Problema é Que Cê Sabe, gravada pela banda Onze20.

“Antônio Carlos, você deveria ser preso por reunir esse trio”, brincou Leifert.

Tiago Leifert se empolga em mais uma Rodada de Fogo, no The Voice Brasil

Faraônica! Iza causa com look de deusa egípcia

Reação na web sobre o The Voice Brasil

 

“Meu time é a postura real da palavra amor. Estou diante de três grandes artistas completos”, disse o baiano.

Com 45,47% dos votos, o público salvou Cleane. Antes de fazer sua escolha, Carlinhos Brown fez um comovente discurso sobre a morte de duas crianças, de quatro e sete anos, baleadas na porta de casa, em Duque de Caxias, na Baixada Fluminense.

“Vou ser muito rápido, pedir licença aos colegas e ao programa. Hoje é o dia de Nossa Senhora da Conceição. Ela é a mãe que faz com que verdadeiramente os papos sejam suaves, e em respeito a esse dia eu quero saudar as mães cariocas que perderam duas filhas e dizer que todos nós, no nosso cantar, no nosso dia a dia, temos esperanças, de dias melhores. São 12 crianças que nós perdemos. São 45 mil famílias negras que são vítimas o tempo inteiro de uma incoerência e de uma injustiça social que é necessário que todos nós reparemos”, disse.

Aplaudido pelos colegas e elogiado na web, ele seguiu.

“Tibí é um dos maiores autores do momento música popular brasileiras, mas ele busca suas chances aqui. O cantor Tibi já está muito encaminhado e você, Amanda precisa ser mais ouvida, é a minha escolha”, disse.

 

Sobre o discurso de Carlinhos Brown

Escolha difícil

Com Bruna Black ao som de Flor de Lis, de Djavan; Luciana Ribeiro com I Put a Spell On You; e Luli, com Someone You Loved, o Time Iza fez com que a técnica tivesse uma árdua missão.

“Bruna, tu é uma força da natureza. Você sempre traz o Brasil para o palco. Luciana, você tá afim de arrumar um problema comigo aqui hoje. Porque o que você fez foi primoroso. Deste aulas, Luciana! Luli. Você sabe fazer tudo né. E eu fico tão feliz, vejo como você ouve tudo que falamos aqui e está muito diferente da Luli que entrou aqui”, avaliou.

O público escolheu Luciana, 46,38% dos votos.

“Agradeço ao pessoal do figurino que me deixou essa pantera aqui”, disse a candidata.

Segunda rodada de fogo deixa The Voice Brasil entre os mais comentados da web

 

Sobre a eliminação de João Marcelo

Iza optou por seguir com Luli. No Twitter, houve questionamentos e a hastag Bruna injustiçada logo apareceu.

A noite encerrou com o Time Lulu, destacando Dan Gentili, com Dois Rios, sucesso do Skank; João Carlos Prevedel, com Kill My Mind, de Louis Tomlinson e Luana Granai, com Arte, de Malía.

“Dan é realmente a pessoa que transpira emoção. Luana, eu acho você inafundável. Você não afunda. É dona de si mesma, da sua voz e de seu corpo. É impressionante. João, você nasceu com um dom. E você tem um fatality na sua voz”, disse Lulu

O público escolheu Dan, com 40,36% dos votos. Luana Granai foi a opção do técnico e João deixou o programa, para espanto de internautas, que o vislumbravam na final.

“Por isso o Teló sempre ganha, os técnicos não sabem escolher”, disse um internauta.

“Teló, ganha logo isso aí”, escreveu outro. 

Falha no som e bronca de Iza marcam a rodada de fogo do The Voice Brasil

The Voice Brasil: Convite especial, bloqueio e dispensas em mais uma noite de batalhas

Internauta achou injusta a eliminação de Bruna

The Voice Brasil: Tombo, choro coletivo e muito talento na segunda noite de batalhas
The Voice Brasil inicia fase das batalhas com difíceis escolhas. Veja quem continua!

 

A saída de João causou

Internauta reclama da falta de plateia

 

 

Torcida por Teló