Opinião às 19:10

Lucas é o equilíbrio entre jogo e relações que o BBB22 precisa

Lucas Bissoli pensativo no BBB22
Foto: Reprodução/Instagram/@bissolilucas

Lucas Bissoli não conseguiu escapar, foi parar em seu primeiro “Paredão” e pode não retornar para o confinamento do “BBB22”. Mas o engenheiro e estudante de medicina merece uma chance para continuar a “baronizar” e “piscar” pelo programa. Ora, não é à toa que ele driblou nove berlindas, não é mesmo?

Leia+: Lucas, P.A. ou Scooby, quem deve ser eliminado no décimo paredão do BBB22?

Motivo de chacota no início por conta do apelido “Barão da Piscadinha”, Lucas começou quieto no reality. Nas primeiras semanas chegou a ser considerado planta, porém, na segunda festa da temporada, viu-se no olho do furacão ao dar um beijo em Eslovênia.

Na época, Natália deu investidas no rapaz, que se esquivou. Ao ver que ele, na verdade, investiu na pernambucana, Nati ficou bem sentida, trazendo traumas antigos à tona e surtando. Por fim, tudo foi resolvido, Barão e Natália ficaram amigos e Eslô tornou-se a grande amada do brother.

Na época, Natália deu investidas no rapaz, que se esquivou. Ao ver que ele, na verdade, investiu na pernambucana, Nati ficou bem sentida, trazendo traumas antigos à tona e surtando. Por fim, tudo foi resolvido, Barão e Natália ficaram amigos e Eslô tornou-se a grande amada do brother.

E esse romance segue firme e forte até hoje. Apesar de internautas sentirem falta de química e/ou “sal”, os pombinhos deram muito certo. Tanto é que, posteriormente, elogios surgiram principalmente pelo respeito que um sente pelo outro, além de não interferirem no jogo que cada um segue (lembrando que Eslô é integrante do quarto Lollipop e Lucas já foi aliado das Comadres e da turminha da Disney.

Leia+: Nego Di vira ‘ídolo’ da torcida de Arthur Aguiar. Entenda!

Isso foi essencial para o brother aumentar a própria base de fãs e ganhar mais segurança para dizer o que pensa, se posicionar. Prova disso é que na hora de enfrentar o seu então aliado, ele não hesitou. O próprio programa montou um “VAR” para que o comentário que deu origem a treta entre eles, durante a segunda liderança de Lucas, partiu de Arthur e não o contrário.

Assim, Lucas refletiu novamente sobre jogar sozinho. Sempre passeando pelos três grupos da casa, ele não havia firmado uma aliança concreta para além de suas prioridades, como Eslovênia. Essa flexibilidade foi, de certa forma, uma estratégia boa, o salvou até onde deu, mas quando o cinto apertou, Linn da Quebrada, Natália e Jessilane mandaram o papo reto: ou fica, ou sai!

O quarteto ainda não joga sincronizado (prova disso é ele com risco de ser eliminado), entretanto, conseguiu criar um laço maior e Lucas mostrou que é possível jogar e ter relações saudáveis. Sutilmente, ele deixou claro que arquiteta e quer rechear a conta do banco com o R$ 1,5 milhão do prêmio, mas prezando por uma convivência agradável.

Leia+: Equipe de Pedro Scooby é trocada um mês antes da final

Ah! E devagarinho Lucas também soltou, sem querer, um lado engraçado. Espontâneo, o brother foi protagonista de momento icônicos como a mala cheia de itens da dispensa – é o “Barão da Roubadinha” -; as diversas refeições bem fartas (no VIP ele se esbalda); o sorriso lindo durante uma “Prova de Resistência” daquelas…

Lucas pode não ser o grande protagonista, mas com a vibe paz e amor menos irritante do que a de Scooby – que ainda é antijogo -, o estudante consegue trazer nuances agradáveis de acompanhar em uma temporada bem arrastada.

Siga OFuxico no Google News e receba alertas das principais notícias sobre famosos, novelas, séries, entretenimento e mais!