Polêmica às 11:40

Armando Babaioff treta com internauta ao citar retorno do teatro

Foto de Armando Babaioff em bastidores da Novelas Bom Sucesso

Victor Pollak/Globo

O ator Armando Babaioff, nesta semana, entrou em uma discussão um pouco mais acalorada com um internauta que criticou um pedido do artista em relação à volta de do teatro. Na ocasião, ele pedia a ajuda das pessoas para apoiar e impulsionar o retorno das peças.

“Não custa falar… Mas quando o teatro voltar às atividades, não pede ingresso, não. Ajude os artistas. Sempre vai ter um ingresso com desconto, lista amiga, meia-entrada, mas, se puder, pague inteira, vai ajudar muito”, declarou Armando.

Em resposta, um rapaz discordou e reclamou do pedido de Babaioff, achando um absurdo pela cobrança financeira. “Tá de sacanagem, né? O cara já tem dificuldade pra pagar uma meia-entrada (que não é barato) e, aí, vai pagar a inteira pra ‘ajudar’ o artista”, esbravejou. 

Veja +: Em meio a polêmica de vacina, Juliano Cazarré troca indiretas com Armando Babaioff

“Tem um ‘se puder’ escrito. E outra, esse é o meu emprego e o de muita gente. O que tem de errado em trabalhar? Não entendi”, rebateu o galã.

A discussão, então, continuou, com o seguidor voltando a problematizar a questão monetária da mensagem deixada por Armando.

“Não tem nada de errado em trabalhar e cobrar pelo trabalho (inclusive). E nada de errado em pagar a inteira ou até o dobro, triplo pela entrada (cada um  gasta seu dinheiro como quer, né). Agora, fazer ‘campanha’ pra galera pagar inteira, ao invés de meia, é ser muito fora do mundo real”, respondeu o seguidor. 

“É só um pedido a quem puder pagar. Não tô obrigando ninguém. É um pedido. Peça pra pagar meia cerveja num bar da próxima vez. Cara chato da porra”,disse o ator, irritado.

A briga, então, esquentou e Babaioff se estranhou com o rapaz que seguia com as críticas.

“Ah, jovem. Se f*der com seu pedido. Deixe a entrada franca na próxima. ‘É só um pedido’. Cuzã*”, escreveu o internauta. 

“Se for subsidiado ou patrocinado, sim. Não vejo problema nenhum. Enquanto eu for o produtor e o patrocinador dos meus projetos, continuo fazendo esse pedido, não posso e nem quero proibir a meia-entrada, é um direito. Por isso faço um pedido. Você é burro ou e só mau-caráter mesmo? Você não me conhece. Está querendo o quê? Chamar a atenção?! Babaca”, postou o artista.

“Não ataquei você, mas a forma como você expôs a ideia em relação ao assunto. Você falou do meu caráter e, como eu não sou otário, devolvi proporcionalmente o ‘elogio’. Parabéns pelo trabalho (eu acompanho). Já em relação ao assunto, na minha visão, foi um comentário de quem vive no mundo da Lua”, finalizou o seguidor.

Apesar da treta em questão, outros perfis de usuários do Twitter apoiaram a sugestão de Armando Babaioff, como este: “Realmente não há como discordar desse posicionamento. Contribuindo com a arte é contribuir com a nossa história, com as paixões de nossos corações.”

E você, o que achou?

PRINCIPAIS NOTÍCIAS

Iuquê? Lady Gaga marca Pabllo Vittar em post e a drag pira

Rodrigo Bocardi reclama de falha técnica no Bom dia São Paulo e desabafa

Príncipe William e Kate Middleton podem se mudar para ficar com a Rainha

Ilha Record: Dinâmica coloca fogo no jogo. Nadja e Pyong são “atacados”

MasterChef: André erra no preparo de cuscuz e é o 9º eliminado