Polêmica às 19:50

Relembre polêmicas marcantes do mundo das grandes premiações

fotomontagem de lil nas x e beyoncé posando estilosos
Reprodução/Instagram @lilnasx e @beyonce/Montagem

Por conta da grande quantidade de projetos sendo produzidos nos dias de hoje em diversos ramos, é comum que sejam criados prêmios para aqueles trabalhos que se destacaram em meio a tantos outros, principalmente no entretenimento com música, séries e filmes.

Todavia, nem tudo são flores quando falamos das premiações existentes e suas respectivas academias, e OFuxico vai relembrar algumas polêmicas marcantes envolvendo as cerimônias, tanto antigas quanto recentes.

LIL NAS X ESNOBADO PELO BET AWARDS

Um caso que deu muito o que falar foi a maneira como Lil Nas X foi esnobado pelo BET Awards, premiação vista como referência na premiação de negros dentro da indústria musical. Mesmo sendo um dos artistas mais comentados de 2021 com seu álbum “Montero”, o rapper não foi indicado.

Para deixar tudo ainda mais irônico, Jack Harlow, parceiro de Lil em “Industry Baby” e branco, foi indicado pela canção, mesmo sendo o artista convidado do single e não pertencer ao grupo foco do que a premiação diz se propor. Inclusive, o artista compareceu na cerimônia com uma camiseta estampada com Lil Nas X como forma de protesto.

O cantor e sua equipe revelaram abordagens homofóbicas por parte da equipe do BET Awards na edição anterior após a apresentação de Lil Nas X em que ele beijou um dos dançarinos em meio à performance, afirmando que ele errou feio em expressar sua sexualidade e questionaram se ele era “do diabo” por conta do clipe de “Call me by your name”.

O rapper afrontou o BET Awards em seu single lançado na sexta-feira, 24 de junho, “Late To Da Party”, cuja capa no Spotify é o troféu da cerimônia sendo mijado e o verso “fod*-se o BET” marcando o início da canção.

TAPA DE WILL SMITH EM CHRIS ROCK

Outra polêmica recente que acabou dando o que falar foi o tapa dado pro Will Smith em Chris Rock no Oscar 2022 em março, após o comediante fazer uma piada com o fato de Jada Pinkett-Smith estar careca, sendo este fato um efeito colateral da alopecia.

Posteriormente à premiação, a Academia do Oscar criticou a atitude do astro de “King Richard: Criando Campeões”, que cegou ase retirar dela, além de ter tido diversos projetos engavetados em Hollywood, se desligando da vida pública temporariamente.

BEYONCÉ IMPOSSIVELMENTE DERROTADA

Beyoncé é com certeza uma das maiores divas a pisar no mundo, que inclusive parou o mundo da música recentemente ao lançar seu mais novo single “Break My Soul”, e com isso, ela deveria ser uma das maiores vencedoras do Grammy, maior prêmio do mundo da música, certo?

Bom, em partes, pois mesmo sendo a artista que mais ganhou prêmios em quantidade, foram quase todos em categorias técnicas, não nas principais, algo que até hoje é apontado pelos fãs como uma demonstração racista da academia (e nem sendo essa situação o único argumento).

Quando todos acharam que ela venceria de Melhor álbum com “Lemonade”, Adele foi a vitoriosa, mas ela mesma questionou a própria vitória.

TAYLOR SWIFT VS KANYE WEST

Ainda, outra derrota de Beyoncé, desta vez no VMA, para Taylor Swift na categoria “Melhor Vídeo Feminino” (cuja vitória foi do clipe de “You Belong With Me”), acabou gerando a inimizade que durta até hoje entre a loira e Kanye West.

Quando a cantora subiu ao palco para receber seu troféu, o rapper invadiu e cortou seu discurso, além de arrancar o objeto de suas mãos, afirmando que Beyoncé deveria ter sido a vitoriosa. Desde então, ele vive provocando Tyalor Swift, que vez ou outra rebate as acusações ou manda indiretas.

LUDMILLA E REVOLUÇÃO NO PRÊMIO MULTISHOW

O Prêmio Multishow de 2021 foi marcado por ter esnobado diversos artistas, tais como Ludmilla, Gloria Groove, Jão, Duda Beat, Jolema, Pabllo Vittar, entre muitos outros, sendo a intérprete de “Socadona” a primeira e a que mais se manifestou contra o fato, cancelando inclusive a sua apresentação na noite de Gala. O público concordou com o posicionamento, pois também se irritou com a falta de indicações a artistas que marcaram a música em 2021.

O burburinho deixou a academia em xeque, que acabou tomando uma decisão de entrar em contato com Ludmilla para que ela ajudasse a premiação a no futuro abraçar melhor a diversidade e serem mais justos nas indicações com as dicas dela.

“Vamos conversar para juntos, colocarmos em prática mudanças gerais que envolvam não só o coletivo quanto o compromisso de estar sempre em atualização para atender à novos requisitos do mercado fonográfico”, disse ela.

FERNANDA MONTENEGRO PERDE OSCAR PARA GWYNETH PALTROW

Fernanda Montenegro fez história e foi a primeira brasileira a ser indicada ao Oscar de Melhor Filme na cerimônia de 1999 por sua atuação em “Central do Brasil”, que inclusive lhe rendeu um Urso de Parta no Festival de Berlim.

Porém, mesmo com sua bela performance e sendo a favorita de muitos, ela perdeu a estatueta para Gwyneth Paltrow e sua atuação em “Shakespeare Apaixonado” (que foi o grande vencedor da noite), mesmo sendo a aposta menos esperada da noite, assim como as vitórias do filme em si.

Até hoje, principalmente no Brasil, Fernanda Montenegro é vista como injustiçada, pois os fãs enxergam uma atuação muito melhor nela no que em Gwyneth Paltrow. Até mesmo Glenn Close já apontou o fato em entrevista no ano de 2020, e piadas ácidas são feitas com “Shakespeare Apaixonado” até hoje.

E você, se lembra de outra grande polêmica do mundo das premiações?

Siga OFuxico no Google News e receba alertas das principais notícias sobre famosos, novelas, séries, entretenimento e mais!