Redes Sociais às 08:30

José de Abreu bate boca com Carlos Bolsonaro e agita a web

José de Abreu com o dedo em riste

Foto: TV Globo

Embora não queira mais seguir carreira política, José de Abreu tem sido cada vez mais atuante e crítico nas redes sociais, em especial no Twitter, onde causou na segunda-feira, 03 de janeiro, ao debochar da internação do presidente Jair Bolsonaro (PL). O político está internado no Hospital Vila Nova Star, na Zona Sul de São Paulo, para tratar uma suboclusão intestinal.

“Que prazer que sinto ao saber que o filho da p**a passa mal. Mata seu povo por omissão e leva castigo de volta: que exploda em me**a”, escreveu o ator, atualmente no ar em “Um Lugar ao Sol”, de Lícia Manzo.

Em resposta, o vereador Carlos Bolsonaro (Republicanos-RJ), filho de Jair, indagou, em tom de ironia, membros do Supremo Tribunal Federal e “checadores do Twitter” sobre o comentário de José de Abreu: “Só gostaria de ler a resposta para a questão! Nada farão?”.

Além de Carlos, Marco Feliciano (PL), que luta para compor a chapa com Bolsonaro nas eleições de outubro, também marcou o STF em uma publicação sobre o tema.

“Com todo respeito que tenho ao @STF_oficial gostaria de fazer uma pergunta: Alguma investigação, diligência ou atitude parecida será tomada com os donos das contas das mídias sociais que ameaçam e desrespeitam o Presidente
Jair Bolsonaro? Ou só é crime quando atacam V.Exmas.?”, tuitou.


Filiado ao PT (Partido dos Trabalhadores), o ator de 74 anos é um aliado ferrenho do ex-presidente Lula. Além do artista, diversos internautas reagiram com ironia à notícia de que Bolsonaro  precisou ser internado.

O 1º boletim médico do chefe do Executivo afirma que, por enquanto, não há previsão de alta. Nas redes sociais, Bolsonaro virou alvo de memes e questionamentos. Muitos usuários lembraram das férias de fim de ano do presidente no litoral de Santa Catarina. Na ocasião, Bolsonaro fez passeios de moto aquática e visitou um parque de diversões. Outros o acusaram de “meter” um atestado médico no 1º dia útil do ano.

ATOR DESISTE DE SEGUIR A VIDA POLÍTICA

José de Abreu confirmou em suas redes que não vai mais se candidatar em 2022. O ator é conhecido por militar politicamente nas redes sociais e pretendia se candidatar para deputado federal pelo PT nas eleições do ano que vem. Segundo informações do jornal O Globo, o artista afirmou ter tomado a decisão para não prejudicar a família.

“Fiquei muito deprimido após tomar essa decisão. Mas em reunião com meus filhos entendi que não podia fazer isso com a família, todos ficariam expostos politicamente e as empresas têm compliance muito rígido sobre isso”, disse o ator ao jornal.

Através do Twitter, José de Abreu confirmou a notícia e escreveu: “É isso. Obrigado pelo apoio e compreensão. #lula2022”.

Em entrevista publicada pela jornalista Mônica Bergamo, da Folha de S.Paulo, em outubro, o ator afirmou que deixaria a carreira de ator para se candidatar a Deputado Federal pelo PT do Rio de Janeiro. A notícia não foi surpresa porque o artista é um ativista há anos e nunca deixou suas opiniões a respeito do cenário político brasileiro sob guarda.

Apesar de sua desistência fica claro em sua publicação, que o ator continuará apoiando o ex-presidente e provável pré-candidato do PT Luiz Inácio da Silva. Em novembro, o artista lançou sua autobiografia, “Abreugrafia”, na qual o prefácio foi escrito por Lula. Na obra, ele conta momentos marcantes de sua vida.

LIVRO

O ator José de Abreu, que interpreta Santiago em ‘Um Lugar ao Sol’ falou sobre o seu novo livro, “Abreugrafia”, lançado recentemente. Em entrevista, o artista revelou que ainda sofre quando lembra de seu primeiro filho, Rodrigo, que morreu aos 21 anos, ao cair de uma janela. O artista falou também de seu personagem na nova novela da Globo e a relação com a sua filha, Bia.  

Em entrevista à Patrícia Kogut, de O Globo, o artista afirmou que escrever sobre a morte, que aconteceu em 1992, foi muito difícil, pois enterrar um filho é algo muito doloroso. “A vida normal é você enterrar um pai. Um pai enterrar um filho é a inversão da vida. Você não está preparado. Eu hesitei, não queria escrever, mas depois vi que tinha a obrigação de fazer. Foi uma das últimas coisas que escrevi. É bom escrever, você se sente diferente. O sofrimento persiste, toda vez que lembro sofro. Mas reviver tudo, escolhendo as palavras, foi libertador”, disse.

José também revelou que sua filha, uma mulher transexual, autorizou o pai a contar sobre a transição de gênero no livro. Ele diz que Bia passou dois anos estudando o assunto, de forma a entender tudo, antes de falar sobre a transexualidade com ele.

“Meu livro é dedicado à Bia, e não ao Bernardo. Tenho recebido mensagens nas redes sociais. Tanto de pais quanto de pessoas que vivem a mesma coisa que ela. A bia ficou dois anos estudando e lendo sobre o assunto para se entender primeiro. Quando veio a mim, já chegou com palavras de convencimento. E eu entendi. Ela tinha argumentos tão sólidos que só tive que aceitar, entender, apoiar e fazer o possível para que seja feliz”, afirmou o ator.

PRINCIPAIS NOTÍCIAS
Em meio a boatos de separação, Sabrina Sato e Duda Nagle se reencontram
Tadeu Schmidt revela tensão às vésperas de sua estreia no ‘BBB’
Anitta se joga em viagem para Aspen com GKay e amigos

Siga OFuxico no Google News e receba alertas das principais notícias sobre famosos, novelas, séries, entretenimento e mais!