Teatro às 21:20

Ana Carolina abre temporada do programa “Hora de Naná” no teatro

Pedro Pupo/Teatro Unimed/Divulgação

Nesta sexta-feira, 27 de agosto, o público já pode “sextar” no conforto de casa graças ao programa “Teatro Unimed em Casa” que traz o “Hora de Naná” para o palco com direito a coxia em um formato totalmente digital.

Comandado pela produtora cultural Naná Karabachian, a atração estreia às 21h, no site do espaço, com uma entrevista com a cantora Ana Carolina. Nela, temas como amor, relacionamentos, família, desejos, desafios, aprendizados, fãs e música farão parte de uma gostosa conversa.

Mas antes de mais nada, rolou um bate-papo com a imprensa, a primeira coletiva de Naná, como ela mesma afirmou, assumindo, assim, a cadeira oposta, de entrevistada.

Veja +: Dedé Santana faz apresentação presencial de peça

Com Guilherme Leme Garcia e Monique Gardenberg, diretores do programa, no evento, tudo se iniciou tranquilamente e de forma descontraída, como é Naná. Eles foram os responsáveis por iniciar os elogios à comunicadora, afirmando que o projeto “foi uma ideia para que Naná voasse” para além dos bastidores.

Ana Carolina, também presente, não poupou declarações carinhosas à amiga de longa data – a qual ela divide com tantos outros artistas que se encantaram pelo jeito verdadeiro, piadista e espontâneo da profissional.

“Ela tem essas capacidade de ter uma intimidade instantaneamente com a pessoa que conversa. Tem carisma, essa maneira divertida, leve, nos faz sentir como se fôssemos melhores amigos de colégio”, avaliou a cantora. “Naná vai ser pra sempre a minha melhor amiga de colégio.”

Não à toa, Ana virou a estrela da abertura desta temporada. O papo entre elas é o pontapé necessário para que o público entenda e se conecte com o formato sem muito roteiro para seguir, que apenas flui.

“Eu queria tanto participar do programa, mas por problemas de agenda, não conseguia. Falava pra ela: ‘Naná, como a gente conversa cinco vez por dia, de manhã, de tarde, de noite, e ainda não consegui gravar o ‘Hora de Naná?’. Mas com a pandemia, nós, da área da cultura, acabamos mais quietos em casa, então eu pensei: ‘É agora que a gente grava!’ Por isso acho muito merecido o meu episódio sem o primeiro”, disse a musicista, gargalhando em seguida.

Veja +: Eduardo Martini afirma: ‘O palco me cura de incertezas’

“Dependendo da pessoa, pode ser mais difícil de entrevistar, já passei por isso. Mas com a Ana nunca achei que seria complicado porque falaríamos de assuntos que já conversamos, porém, de forma mais elegante, bonitinha [risos].”

A apresentadora lembrou ainda que era um sonho poder sentar frente a frente com a amiga e gravar. Sendo assim, não haveria produção melhor para começar do que aquela com Ana Carolina que também possui uma legião de fãs apaixonados.

“Tenho muita sorte, pelo meu trabalho, de ser reconhecida e receber tanto amor. Diria até que meus fãs me tratam de maneira exacerbada; eles me ‘imensam'”, pontuou a mineira, citando o escritor Manoel Barros. “Sou uma pessoa vitoriosa e Sortuda.”

Montagem com fotos dos convidados do programa Hora de Naná
De Ana Carolina a Elias Andreato: Naná Karabachian cria ambientes que se transformam em conversas de amigos (Foto: Divulgação)

PISANDO EM OVOS

Mesmo sabendo conduzir uma entrevista como ninguém, Karabachian também enfrenta alguns impasses e não está imune dos improvisos e cuidados que surgem pelo caminho.

“A dificuldade que eu tenho é saber como fazer uma pergunta para não constranger o convidado ou a convidada, sabe. Existem pessoas que é como pisar em ovos, não tenho tanta intimidade. Por isso é importante saber o limite de cada um. atrapalha um pouco a minha espontaneidade, mas tenho esse cuidado, claro”, contou.

Só que não para por aí: “Acho que seria legal fazer o programa com gente que eu não tenho intimidade. O problema é encontrar quem eu não tenha essa intimidade [risos]”, lembrou, alegre.

De Ana Carolina a Elias Andreato, passando por Reynaldo Gianecchini, Mart’nália, Seu Jorge e Claudia Raia. “Hora de Naná” no Teatro Unimed tem muita história para contar ao espectador. Antes de encerrar, a estrela do talk show citou mais alguns nomes que espera levar à atração. “Murilo Benício, Djavan, Caetano [Veloso], Gal Gosta, Gilberto Gil, Alexandre Nero… É tanta gente!”

E se depender da equipe, tem muitas temporada pela frente, o que dará tempo para que mais e mais estrelas passem pelo programa.

“A ideia é não parar nunca! Precisamos, agora, de parcerias para continuar essas reflexões. A gente sai da zona de conforto”, falou Monique.

Veja +: Leonardo Miggiorin estreia musical de João e Maria

SERVIÇO

Local: Teatro Unimed em Casa (online)

Endereço: www.teatrounimed.com.br

Quando: a cada semana, estreia um novo programa – Ana Carolina: sexta-feira, 27 de agosto de 2021, às 21h | Reynaldo Gianecchini: sexta-feira, 3 de setembro de 2021, às 21h | Mart’nália: sexta-feira, 10 de setembro de 2021, às 21h | Seu Jorge: sexta-feira, 17 de setembro de 2021, às 21h | Elias Andreato: sexta-feira, 24 de setembro de 2021, às 21h | Claudia Raia: sexta-feira, 1º de outubro de 2021, às 21h

Todos os programas poderão ser vistos no site do Teatro Unimed até o dia 10 de outubro de 2021

Classificação: livre

Ingressos: gratuito e sem cadastro

Duração: cerca de 25 minutos cada programa

FICHA TÉCNICA

Apresentação: Naná Karabachian

Dirigido por: Monique Gardenberg & Guilherme Leme Garcia

Produzido por: Clarice Philigret

Roteiro: Naná Karabachian

Direção de fotografia: Araken Dourado

Direção de arte: Carila Matzenbacher

Figurino: Sonia Soares

Maquiagem: Marcos Padilha

Som direto: Jorge Rezende

Edição: Ana Paula Carvalho

Operadores de câmera: Bernardo Calmon, Kazuya Masunochi, Otávio Lima

Logger: Rodrigo Belati

Gaffer: Sergio Bronzo

Produção: Giovanna Parra

Pós- Produção: Quanta Post

Identidade visual: Tommy Kenny

Still: Pedro Pupo

Assistente de produção: Adriel Parreira

Contrarregra: Jonatas Silva

Assistente de maquiagem: Ale Toledo

Equipe Teatro Unimed

Gerente técnico: Reynold Itiki

Comunicação: Dayan Machado

Assessoria de Imprensa: Fernando Sant’ Ana

Assessoria jurídica: Carolina Simão

Realização: Dueto Produções