Televisão às 09:00

Jada Pinkett Smith decidiu aceitar a perda de cabelo, por conta de doença

Jada Pinkett Smith de batom vermelho
Foto: Reprodução/Instagram/@jadapinkettsmith

Jada Pinkett Smith, a mulher de Will Smith, comentou esta semana em seu Instagram que decidiu ser ‘amiga’ de sua alopecia. A atriz e apresentadora de 50 anos discutiu com seus seguidores sua experiência com a perda de cabelo.

A mãe de Jaden e Willow admite que começar a ficar calva foi uma experiência muito difícil para ela, até que ela resolveu aceitar a situação.

Jada assegurou que não vai deixar a doença autoimune a colocar para baixo.

“Vocês sabem que venho lutando com a alopecia e, do nada, vejam essa linha aqui. Olhem isso. Isso apareceu e vai ser um pouco mais difícil de esconder. Então eu pensei em compartilhar com vocês, para que vocês não fiquem fazendo perguntas”, explicou na rede social.

A estrela de Hollywood comentou que quer pensar na queda de cabelo de uma forma positiva.

Veja+: Mãe de Jada Pinkett Smith celebra 31 anos de sobriedade

“Vocês sabem que vou colocar algumas pedrinhas aqui. Vou fazer uma coroa. É isso que vou fazer”, justificou.

E Jada legendou o vídeo dizendo: “Vou ter que ir até o couro cabeludo, para que ninguém pense que fiz uma cirurgia no cérebro ou algo assim (emoji de língua) Eu e essa alopecia vamos ser amigas… Ponto final! (emoji de risada)”.

A atriz discutiu anteriormente sua queda de cabelo durante um episódio de seu talk show, Red Table Talk, em 2018.

Ela disse: “Foi aterrorizante quando começou. Eu estava no chuveiro um dia e então tinha um monte de cabelo na minha mão, eu fiquei tipo, ‘Meu Deus, estou ficando careca?'”.

Smith também revelou na época que encontrou um tratamento para ajudar com a queda do cabelo: “Costumo injetar esteróides e eles parecem ajudar, mas não vai curar, porém parece que está ajudando, mas estou aberta a outras ideias”.

CASAMENTO ABERTO

Sabe aquela história de que todo boato tem um fundo de verdade? Will Smith acaba de reforçar! Em entrevista para a edição americana da revista GQ, o ator de 53 anos revelou que seu casamento com Jada Pinkett Smith, de 50 anos, não é mais monogâmico e que, atualmente, eles vivem um relacionamento aberto. As palavras do artista confirmaram as suspeitas que há tempos pairavam por Hollywood.

Veja+: Jada Pinkett Smith revela problemas para criar a filha Willow

“Jada nunca acreditou em casamento convencional. Ela tinha membros da família que viviam um relacionamento não-convencional. Então ela cresceu de uma maneira muito diferente de como eu cresci”, afirmou Will.

O artista destacou que não foi uma decisão tomada pelo casal do dia para a noite: “Houve discussões intermináveis e ​​significativas sobre o que é perfeito em uma relação. Na maior parte do nosso relacionamento, a monogamia foi o que escolhemos, mesmo não pensando na monogamia como a forma de relacionamento mais perfeita.”

No entanto, ele afrimou que as coisas mudaram para o casal à medida que eles “deram confiança e liberdade um ao outro”. Will afirmou que os dois acreditam que o casamento “não pode ser uma prisão”.

“Não sugiro esse caminho para ninguém. Mas as experiências de que as liberdades que demos uns aos outros e o apoio incondicional, para mim, são a mais alta definição de amor”.

PRINCIPAIS NOTÍCIAS
Faustão estreia na Band em horário inusitado. Entenda!
Tatá Werneck lamenta a morte da avó
Britney Spears analisa projetos para 2022

Siga OFuxico no Google News e receba alertas das principais notícias sobre famosos, novelas, séries, entretenimento e mais!