Covid-19 às 09:12

Covid-19: Lulu Santos adia turnê por conta da pandemia. Vídeo!

Fotomontagem do músico Lulu Santos, de camiseta azul, olhando para a câmera

Fotomontagem: Reprodução Instagram @lulusantosoficial

Lulu Santos engrossou o time de artistas que adiaram os shows já agendados, por conta da pandemia. Na segunda-feira, 10 de janeiro, Lulu fez um comunicado em vídeo, adiando apresentações que faria em janeiro e fevereiro em Belo Horizonte, Rio de Janeiro, São Paulo e Salvador, pois, neste momento, acontece um aumento de casos da covid-19. Por precaução, Lulu Santos fez um post sobre o assunto.

“Salve pessoal! Como todo mundo que nos segue sabe, a gente tá pronto e engatilhado pra cair na estrada com o show e encontrar vocês. Inclusive já começamos dia 28 de dezembro em Punta del Este, no Uruguai e no dia 31, um belíssimo Réveillon do Corcovado, no Rio de Janeiro. Foram dois shows com quatro voos para cada um de nós, o que resultou em 8 integrantes testarem positivo para a covid-19, o que nos fez canmcelar a apresentação seguinte que seria no dia 6 de janeiro. Mediante o recrudescimento vertiginoso das últimas duas semanas dos casos de infecção de Covid, e já com as emergências dos hospitais lotados com pessoas com problemas respiratórios, a gente acha pouco sensato, na verdade, irresponsável , convidá-los para estarem num ambiente fechado, aglomerados onde todos, na melhor das hipóteses, cantam, dançam, batem palma, suam, e potencialmente infectam ou são infectados”, disse o artista.

Sabemos que quanto mais gente infectada, mais variantes esse vírus pode produzir. Por isso acho que nossa responsabilidade, nesse momento, é dar uma finalizada nessa situação e contribuir pra isso. Espero que compreendam e é para o bem comum. É pra nós todos. É pelo amor, é pela ciência”, completou Lulu.

Veja+: William Bonner e Renata Vasconcellos são afastados do Jornal Nacional

Na legenda do vídeo, o comunicado da equipe em relação aos ingressos já vendidos e um alerta sobre a importância da vacinação:

“COMUNICADO | É por todos nós! Por conta do avanço de casos positivos de Covid 19, decidimos adiar os shows do Rio de Janeiro, São Paulo, Belo Horizonte e Salvador, que aconteceriam em janeiro e fevereiro.- Os ingressos já comprados ficam valendo para as novas datas, que serão divulgadas em breve. Aqueles que optarem pelo ressarcimento devem procurar a mesma empresa onde os ingressos foram adquiridos.- Reforçamos a importância da vacinação e, principalmente, a conscientização de todos sobre nosso momento. Esperamos que seja breve esse retorno! Obrigado pela compreensão. [Time Lulu Santos].”

Variante Ômicron causa surto de Covid-19 entre os famosos

Mesmo com o avanço da vacinação, continua surgindo variantes do novo coronavírus. A Ômicron, por exemplo, tem se espalhado mais rapidamente e tem atingido milhares de pessoas no Brasil e no mundo, inclusive famosos.

Como era de se esperar, após as festas de final de ano, o número de casos subiu bastante e diversas celebridades testaram positivo para a doença nos primeiros dias de 2022.

No entanto é importante ressaltar a importância da vacinação para que o vírus cause apenas sintomas leves e não se agrave. Além disso, o uso de máscara e álcool em gel continua sendo uma ótima forma de prevenção.

Muitos famosos testaram positivo para a covid-19, após as festas de final de ano. Jojo Todynho, Duda Beat, Gloria Groove, Gusttavo Lima, Preta Gil, integrantes da banda Jota Quest, Lupita Nyong’o, Mariana Godoy, Celso Freitas, Gil do Vigor, Simaria, entre outros artistas, estão na lista de infectados.

BRASIL TEM 34 MIL NOVOS CASOS DE COVID-19 EM 24 HORAS

O Brasil registrou na segunda-feira, 10 de janeiro, 34.215 novos casos conhecidos de Covid-19 nas últimas 24 horas, chegando ao total de 22.556.525 diagnósticos confirmados desde o início da pandemia. Com isso, a média móvel de casos nos últimos 7 dias foi a 36.227 – a maior registrada desde 29 de julho do ano passado (quando estava em 44.974). Em comparação à média de 14 dias atrás, a variação foi de +617%, indicando tendência de alta nos casos da doença.

Em seu pior momento, a curva da média móvel nacional chegou à marca de 77.295 novos casos diários, no dia 23 de junho de 2021. Os números estão no novo levantamento do consórcio de veículos de imprensa sobre a situação da pandemia de coronavírus no Brasil, consolidados às 20h. O balanço é feito a partir de dados das secretarias estaduais de Saúde.

Veja+: Saiba os efeitos do Coronavírus no mundo dos famosos

Especialistas acreditam que o alto índice de contaminação pela variante ômicron ainda não aparenta estar completamente refletido nos números de novos casos conhecidos, que é como o consórcio passa agora a chamar os novos registros. Eles reforçam a importância dos testes, assim como das medidas de isolamento em caso de sintomas e após o diagnóstico positivo. Também apontam que, por conta do apagão de dados e instabilidade nos sistemas do Ministério da Saúde, cientistas não conseguem estimar a exata gravidade deste momento da pandemia no país.

O país também registrou 111 mortes pela Covid-19 nas últimas 24 horas, totalizando 620.142 óbitos desde o início da pandemia. Com isso, a média móvel de mortes nos últimos 7 dias foi a 128. Em comparação à média de 14 dias atrás, a variação foi de +17%, indicando tendência de alta nos óbitos decorrentes da doença.

PRINCIPAIS NOTÍCIAS
BBB22: Casa vai garantir perrengues e nova dinâmica no jogo
Flay acusa ex-marido de não pagar pensão ao filho: ‘Vergonha’
William Bonner e Renata Vasconcellos são afastados do Jornal Nacional

Siga OFuxico no Google News e receba alertas das principais notícias sobre famosos, novelas, séries, entretenimento e mais!