COVID-19 às 19:33

Lutador negacionista morre por complicações da Covid-19

Fotomontagem com selfies do lutador Fred Sinista
Reprodução/Instagram/@fred_sinistra

O lutador belga de kickboxing Fred Sinistra, de 41 anos, morreu em razão de complicações da Covid-19 no dia 16 de dezembro, em sua casa. A notícia foi confirmada pela esposa dele, Cécile Sinistra, em sua rede social. O atleta negava a existência da doença.

“Obrigada todos, do fundo do meu coração. As palavras me faltam no momento, mas meu coração está em paz. Célia e Diego, nunca duvidem que seu papai te ama mais do que todo mundo, nunca se esqueçam dele também e, acima de tudo, ele sempre estará lá para vocês e para mim também”, disse Cécile, se referindo aos dois filhos que teve com Fred. De acordo com ela, o velório do lutador que aconteceu na última terça-feira, 21 de dezembro.

Veja+: Carnaval 2022: Ter ou não ter? OMS alerta para 4ª onda da pandemia

Segundo o site belga Sudinfo, o treinador de Sinistra, Osman Yigin, contou que ele não estava vacinado e se recusava a dizer o nome da Covid-19, apelidando-a de “pequeno vírus”. O praticante de kickboxing foi internado no final de novembro, após um ultimato de Yigin, que ameaçou deixá-lo se não procurasse tratamento.

Já segundo a revista VICE, Fred Sinistra acreditava que a “pouca” idade e excelente condição física seriam suficientes para o proteger do coronavírus. Além disso, o lutador deixou o hospital, na primeira vez, por conta própria. Ele tentou se tratar em casa, somente com oxigênio, mas não resistiu às complicações causadas pela Covid.

PRINCIPAIS NOTÍCIAS
Relembre as tretas que marcaram o mundo dos famosos em 2021
Chris Noth corre o risco de passar o Natal sozinho, após acusações
Curta o Natal 2021 com a magia dos filmes da Disney

Siga OFuxico no Google News e receba alertas das principais notícias sobre famosos, novelas, séries, entretenimento e mais!