Notícias às 17:17

Penélope Cruz doa 100 mil luvas para combater coronavírus

Grosby Group

O mundo está junto para combater o coronavírus e os famosos com mais condições não estão medindo esforços para ajudar. Penélope Cruz, por exemplo, fez uma doação de 100 mil luvas e 20 mil máscaras a um hospital de Madri, na Espanha, para ajudar no combate ao novo coronavírus.

Cobertura completa: Tudo sobre o efeito do coronavírus no mundo dos famosos

"Graças à ajuda logística da Inditex, conseguimos comprar 100 mil luvas de nitrilo e 20 mil máscaras do tipo FFP2, que agora chegaram ao hospital de La Paz em Madri", iniciou.

"Mesmo com as enormes dificuldades em obter e levar tais ferramentas fundamentais de saúde para seus destinos, esperamos que, em pouco tempo, possamos doar outros materiais que são tão necessários nesta crise", acrescentou.

Por fim, ela agradeceu a todos os profissionais, sejam de saúde ou não, que estão na linha de frente para ajudarem no combate à doença.

"Obrigado a cada heroína e heróis anônimos que colocam em risco sua própria saúde para ajudar a curar e manter a saúde de todos nós. Obrigado”.

 

Em quarentena, Juliana Paes comemora aniversário por vídeo
J.K. Rowling pede para que brasileiros sigam a quarentena
Suspeita de coronavírus, Patrícia de Sabrit afirma estar melhor
Ralph Lauren doa R$ 50 milhões para combate ao coronavírus

A situação do coronavírus no mundo

 

Coronavírus no Brasil

 

Até segunda-feira (23), o coronavírus teve uma disseminação bastante rápida: já foram infectados até a data, mais de 212 mil pessoas em 164 nações, com um total, 8.700 mortes. Além disso, as Secretarias Estaduais de Saúde contabilizam 1.629 infectados em todos os estados do Brasil. Segundo o Ministério da Saúde, há, até a data, 25 mortes no país, sendo 22 deles no estado de São Paulo e 3 no Rio de Janeiro.

No país foi decretado estado de emergência na semana passada e ocorreu a recomendação do fechamento de lojas, shoppings, clubes e academias, além da conscientização e proibição do uso de praias, parques, teatros, shows, etc.

Em São Paulo, o governo do Estado recomendou o cancelamento de eventos de lazer, culturais e esportivos, com mais de 500 participantes. Também determinou a suspensão imediata das aulas em universidades públicas e em escolas da rede pública e privada.

China e Coréia do Sul

 

Na segunda-feira (23) a China afirmou ter uma queda na quantidade diária de casos novos de coronavírus. Há 4 dias foram revertidos os casos de aumento e em Pequim, capital do país, foram reforçadas as medidas para combater a quantidade de infectados vindos do exterior.

A China teve 39 casos novos confirmados no domingo (22), de acordo com a Comissão Nacional de Saúde, e estes envolveram viajantes vindos do exterior, muitos deles estudantes chineses que voltavam para casa.

A Coreia do Sul também informou que teve o menor número de casos novos, desde o pico, que aconteceu no dia 29 de fevereiro. Tal queda levou mais esperança de que, o maior surto asiático fora da China, esteja recuando. Por lá, os Centros de Controle e Prevenção de Doenças da Coreia (KCDC) disseram que ocorreram 64 casos novos na segunda-feira (23), o que elevou a cifra nacional para 8.961. O total de mortos por lá subiu de 110 para 118. O pico aconteceu no dia 29 de fevereiro, com 909 casos.

Leia mais sobre a pandemia do coronavírus no mundo clicando aqui.

Tudo sobre o coronavírus

 

O que é o Coronavírus

 

O Sars-Cov-2 é o mais novo integrante de uma família já conhecida. Ela é formada por vírus que tiveram origem em animais silvestres. Alguns deles infectaram humanos e já causaram outras epidemias. Coronavírus é o nome de uma família desses vírus. O nome vem por conta dos mesmos terem suas estruturas em formato de coroa. Eles costumam circular entre animais, como roedores e morcegos. Mas a doença começou a afetar humanos também. O vírus causador sofre mutações espontâneas e aleatórias, por isso ainda não há uma medicação certeira para combater a doença.

São eles os responsáveis por infecções respiratórias e já provocaram outras doenças.

Leia mais sobre o coronavírus clicando aqui.