Notícias às 11:34

Vanessa Mesquita espera faturar R$ 1,5 milhão no OnlyFans

Foto: Reprodução/ Instagram

Campeã do “Big Brother Brasil 14”, Vanessa Mesquita está fazendo sucesso no OnlyFans. Com crescimento considerável na plataforma adulta, a médica veterinária contou que pretende ganhar R$ 1,5 milhão no site, mesmo prêmio que faturou no reality da Globo

“É totalmente possível fazer o valor do prêmio do ‘BBB’ só com o OnlyFans. Meu perfil cresceu cerca de 50% nas últimas semanas. Dá para ganhar dinheiro”, disse ela ao Uol.

Atualmente Vanessa Mesquita divide seu tempo entre a medicina veterinária e a produção de conteúdo sensual. Para ter acesso às imagens da bonitona, o usuário precisa pagar uma assinatura de US$ 10 (o equivalente a cerca de R$ 53,80) na plataforma.

“Meu conteúdo é mais sensual, nada pornô. Faço também fotos saindo do banho e são as que mais vendem, gostam muito de conteúdo caseiro. Além disso, já fiz fotos com a Clara e com uma amiga, Monique, que faz sucesso no OnlyFans”, disse Vanessa.

Ela se referiu a Clara Aguilar, com quem formou um casal durante o “Big Brother Brasil ‘4”. Elas chegaram juntas à final do game e Clara ficou em terceiro lugar.

CHEGADA DE VANESSA MESQUITA AGITOU A PLATAFORMA ADULTA

OnlyFans vem sendo uma das plataformas que muitos famosos acharam para que os fãs tenham conteúdo exclusivo deles e Vanessa Mesquita, campeã do “BBB 14”, foi mais uma das celebridades, que criou um perfil buscando trazer ainda mais sensualidade para seus assinantes.

No início do mês de agosto, ela abriu a conta no perfil e vem compartilhando alguns cliques sensuais em seu Twitter como uma espécie de “propaganda” para quem quiser ver um pouco mais de seu conteúdo.

Além da assinatura de 10 dólares, os usuários da conta de Vanessa Mesquita têm a opção de assinar por três meses, por R$ 144,66, ou até por seis meses, por R$ 241.

Na descrição, Vanessa informa que foi a vencedora do BBB e diz estar “pegando fogo”. Clique aqui para ver o perfil de Vanessa Mesquita no OnlyFans.

ANTES DO ONLYFANS, CASAL CLANESSA REVIVEU MOMENTOS QUENTES

Que tal voltar um pouquinho no tempo e lembrar do “BBB14”? Naquela edição, não havia assunto mais trend topic do que o casal Clanessa. Clara Aguillar e Vanessa Mesquita formaram o primeiro casal homossexual do “Big Brother Brasil “e as duas causaram!

Não é de hoje que os fãs aguardavam um ensaio fotográfico delas, que recusaram várias propostas na época. Ao final do programa, que deu a vitória à Vanessa, as duas estavam brigadas, motivo pelo qal as fotos nunca aconteceram.

Mas o tempo cura tudo e elas voltaram a ser amigas. Clara, que atualmente namora o produtor Giu Daga, deixou o clima de romance fluir durante as fotos, feitas para a plataforma BFF LOUNGE e disponibilizadas com exclusividade para OFuxico.

Divulgaçao BFF Lounge

CONTEÚDO PORNÔ SERÁ PROIBIDO

OnlyFans vai deixar de exibir conteúdos pornográficos. De acordo com comunicado da empresa, a empresa vai proibir que os criadores de conteúdo postem vídeos ou fotos com conduta sexualmente explícita no site.

No entanto, os fotos e vídeos nus, desde que estejam de acordo com as políticas de uso, ainda serão permitidos.

As mudanças serão feitas devido à pressão crescente dos patrocinadores, que tentam levantar

OnlyFans tem mais de 130 milhões de usuários, mais de 2 milhões de criadores, entre profissionais do sexo, músicos e influenciadores a usaram para cobrar dos fãs o acesso exclusivo a fotos, vídeos e outros materiais.

Veja +: OnlyFans é investigada por prática de pornografia infantil

Todos eles juntos conseguiram ganhar mais de US$ 5 bilhões desde seu início, em 2016, mas a plataforma está tentando levantar dinheiro de investidores externos.

A mudança é parte das mudanças da empresa sediada no Reino Unido “para atender às solicitações de nossos parceiros bancários e provedores de pagamentos”, confirmou um porta-voz da OnlyFans ao DailyMail.

“Para garantir a sustentabilidade a longo prazo de nossa plataforma e continuar a hospedar uma comunidade inclusiva de criadores e fãs, devemos desenvolver nossas diretrizes de conteúdo”, afirma a assessoria do site, dizendo que fornecerá mais orientações sobre a nova política em breve.

A mudança da política para os criadores de conteúdo vem da reputação da empresa como um site de conteúdo adulto e caiu na zona “proibida” de muitas empresas de capital de risco, que têm regras contra o investimento em tais aplicativos e sites.

O anúncio desta quinta-feira vem um dia depois do OnlyFans anunciar um novo aplicativo “adequado para o trabalho” que permite que as pessoas compartilhem conteúdos sem nudez sobre tópicos como preparação física, bem-estar e culinária.

Veja +: MC Mirella tem duas contas no OnlyFans e promete mais uma de casal

A CRIAÇÃO DO ONLYFANS

A OnlyFans foi fundada como uma espécie de versão paga do Facebook ou Instagram, onde influenciadores e celebridades de todos os escalões cobram uma taxa mensal dos seguidores – geralmente entre 3,5 (R$ 24) a 15 libras (R$ 104) – para dar acesso as suas postagens pessoais.

Embora muitos desses feeds contenham filmagens inofensivas, como aulas de ginástica ou vídeos de culinária, a grande maioria dos geradores de conteúdo do OnlyFans oferece para seus assinantes uma transmissão regularmente atualizada com filmes e imagens sugestivas ou sexualmente explícitas, estilo fortemente combatidos pelos órgãos reguladores da internet.

Cada influenciador conta com uma divisão de lucros bem atraente. A OnlyFans fica com 20% de todas as receitas e repassa os 80% restantes aos criadores de conteúdo.

Veja +: Nubia Oliiver revela o que faz com dinheiro da polêmica plataforma OnlyFans

A plataforma se transformou em um fenômeno de crescimento quando o número de criadores aumentou de 348 mil para 1,6 milhão, de acordo com arquivos recentes da “Companies House”, órgão regulador dos negócios no Reino Unido.

Segundo dados da própria empresa, o número de usuários saltou de 13 milhões para 82 milhões de pessoas, em 187 países diferentes. Com essa quantidade de usuários a plataforma gerou uma receita de 1,7 bilhão de libras.

A empresa mãe da OnlyFans é sediada em Londres e sua razão social é Fenix International Limited. Ela conta com apenas 27 funcionários e em 2020 declarou lucro de 42 milhões de libras no ano, além de um saldo bancário 204 milhões.

PRINCIPAIS NOTÍCIAS

Ex de Fábio Assunção posa nua com o namorado

Veja quem pode apresentar o novo ‘Vídeo Show’

Kelly Key relata susto que passou em shopping carioca

Amigas, Maria Lina e irmã de Whindersson saem para jantar

Autora de ‘Nos Tempos do Imperador’ pede desculpas por equívocos na trama