Carnaval às 01:30

Carnaval: Gabi Martins assume posto de musa na Vila Isabel

2022 é o primeiro ano que Gabi Martins desfila na agremiação carioca. Foto: Roberto Filho/Brazil News

2022 é o primeiro ano que Gabi Martins desfila na agremiação carioca. Foto: Roberto Filho/Brazil News

Gabi Martins é oficialmente a nova musa da Unidos de Vila Isabel no Carnaval carioca. A ex-BBB20 foi apresentada à escola num ensaio na noite desta quinta-feira, 13 de janeiro. Com um vestido cheio de franjas douradas e um corte ousado, ela caiu no samba na quadra da agremiação.

Ao chegarem o mestre-sala e a porta-bandeira da azul e branca, Gabi cumpriu a tradição e beijou a bandeira da agremiação, já posando para a tradicional foto. Ela ainda falou com o público e agradeceu a receptividade nessa nova casa.

“Pronta para arrasar na minha mais nova casa. Alô povo do samba, estou chegando para viver não só o hoje, mas também momentos incríveis com vocês”, afirmou momentos antes de entrar na quadra.

Leia+: Gabi Martins exibe corpo escultural de biquini

Gabi ainda tocou tamborim, ousou nos passos de samba e posou para fotos com alguns dos membros da escola. Apesar da chegada triunfal, a namorada de Tierry não viu a quadra lotada. Por causa do surto de Covid-19 e de gripe no Rio de Janeiro, a escola precisou limitar o número de convidados do evento.

INDECISÃO

Em 2022, a Vila Isabel vai homenagear Martinho da Vila na Marquês de Sapucaí. Isso, se a escola conseguir colocar o desfile na avenida. A indecisão do poder público a respeito da realização do Carnaval do Rio de Janeiro é uma das grandes polêmicas que embalam o mundo do samba nas últimas semanas. Por enquanto, o que se sabe é que os blocos de rua da cidade não estão permitidos.

O motivo é o avanço da pandemia da Covid-19. A informação foi dada pelo prefeito Eduardo Paes (PSD) durante live nas redes sociais. “Acabei de ter, nesse momento, uma reunião com o pessoal dos blocos de rua, e a gente comunicou a eles, que o Carnaval de rua, nos moldes que eram feitos até 2020, não acontecerá em 2022. Infelizmente, eu falo aqui como prefeito que gosta de Carnaval, como cidadão, e infelizmente a gente não pode fazer”, disse.

De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde do Rio de Janeiro, nos últimos dias, a taxa de testes positivos para a doença no município do Rio cresceu de 0,7% para 9,6%. Este é o segundo ano consecutivo sem festa para os foliões que curtem blocos de ruas devido à pandemia. Na semana passada, a Banda de Ipanema já havia anunciado que não desfilaria este ano devido ao aumento de casos da doença.

Em entrevista à GloboNews, Rita Fernandes, do bloco Sebastiana, disse que a decisão da Prefeitura foi bem aceita pelos colegas apesar da tristeza. “Os eventos estão liberados, desde que a gente tenha a responsabilidade de testar as pessoas e exigir o comprovante das duas doses”, explicou. 

Rodrigo Rezende, presidente da Liga Amigos do Zé Pereira, disse também à reportagem que irão pensar em alternativas para que a população possa se divertir, mas com total segurança. Rezende afirmou que já esperava pela proibição.

PRINCIPAIS NOTÍCIAS
Programa de Faustão, na Band, tem desfalque em razão da Covid-19
Viih Tube apresenta Lipe Ribeiro ao pai, que brinca: ‘De olho no boy’
BBB22: Tadeu Schmidt revela que foi alvo de spoiler de Boninho

Siga OFuxico no Google News e receba alertas das principais notícias sobre famosos, novelas, séries, entretenimento e mais!