Esportes às 11:47

Fred parte pra cima de Ronald e tempo fecha no Maracanã

Fred, do Fluminense, briga em campo

Foto: Reprodução/ Twitter

Com a reabertura dos estados de futebol às torcidas, o Fluminense enfrentou o Fortaleza na noite de quarta-feira, 06 de outubro, no Maracanã, na Zona Norte do Rio de Janeiro, e perdeu. No reencontro com a torcida desde o início da pandemia, o time capitaneado por Fred não se saiu bem na partida que realizada pela 24ª rodada do Brasileirão.

No jogo, um lance chamou a atenção por conta de uma confusão no gramado. Com o jogo já paralisado pelo árbitro, Ronald tentou dar um chapéu em Fred. O capitão não gostou nem um pouco e foi tirar satisfação com o adversário. A partida terminou em 2 a 0 para o Fortaleza, com o saldo do estresse de Fred.

Seja em jogos do Campeonato Carioca, mas especialmente na Libertadores, o atacante vem sendo cada vez mais decisivo, mesmo aos 37 anos, idade considerada avançada para o futebol. Caminhando para o último ano de contrato, que pode também marcar o fim da carreira, o camisa 9 tem a chance de continuar fazendo história neste Brasileirão, seu 16º.

Colecionando recordes desde que retornou às Laranjeiras, sede do Fluminense na Zona Sul do Rio de Janeiro, ele é o principal nome dentro e fora de campo, acumulando números impressionantes no Campeonato Brasileiro. O atacante já é, com sobra, o maior artilheiro da era dos pontos corridos, que começou a partir de 2003.

De lá para cá, Fred tem uma diferença de mais de 35 gols em relação a Diego Souza, do Grêmio, dono da segunda colocação.

Em relação a toda história do Brasileirão, o camisa 9 do Tricolor ocupa o terceiro lugar entre os maiores artilheiros, ao lado de Edmundo e Romário, ficando apenas atrás de Roberto Dinamite.

Veja +: Fred já comandou campanha contra torcidas organizadas

COMO FOI O LANCE QUE DEIXOU FRED P. DA VIDA

Aos 30 minutos do 2° tempo, Paulo Roberto Alves Júnior, o árbitro da partida, parou o jogo para atendimento a Ederson, do Fortaleza. Neste momento, a bola estava com Ronald, também do time visitante. Esperto, ele não perdeu tempo e aplicou um chapéu no camisa 9.

Inconformado com o jogo sujo, Fred ficou p, da vida e foi tirar satisfação. Irritado pelo drible com o jogo pausado, ele colocou o braço no pescoço do adversário e o derrubou. Na sequência, puxou Ronald pela camisa para tentar levantá-lo.

A treta se espalhou e Bobadilla, parceiro do atacante, chegou a se estranhar com o zagueiro Marcelo Benevenuto no empurra-empurra, mas foi contido pela turma do “deixa disso”.

Com a baderna finalizada, Fred recebeu o cartão amarelo e seguiu no jogo normalmente. Torcedores não gostara da atitude do jogador e disseram que ele merecia deixar o campo com cartão vermelho.

PRINCIPAIS NOTÍCIAS

Patrícia Abravanel testa positivo para a Covid-19
Maria Lina comemora 23 anos com festa e show de Projota
Camila Pitanga rebate haters e cita Beyoncé ao defender sua bissexualidade
Conheça a estrela de ‘Round 6’, considerada a Juliette da Coréia
Thaís Carla vence processo de gordofobia contra humorista Léo Lins