Notícias às 10:24

Um mês sem Marília Mendonça: Família vai restaurar caderno encontrado nos destroços

Marília Mendonça de vestido preto, cantando

Foto: Divulgação

A morte de Marília Mendonça completa um mês neste domingo, 05 de dezembro, e em meio as investigações sobre as causas do acidente, ainda não concluídas, a família da falecida artista, vítima da queda de um avião bimotor, que tirou também a vida de outras quatro pessoas, vai resgatar a memória da cantora. D. Ruth Moreira, mãe da Rainha da Sofrência, deve contratar um especialista para auxiliar o processo de restauração do diário mantido pela sertaneja e que foi descoberto entre os destroços do avião que caiu no último dia 05 de novembro. Por enquanto, o caderno não foi aberto por ninguém.

“A gente ainda não o abriu. Mas com certeza tem bastante coisa ali. Bastante coisa pessoal, e muita letra de música. A gente está preservando isso para abrir no momento certo. Não sabemos quando teremos peito e cabeça para abrir esse caderno”, disse João Gustavo, irmão de Marília Mendonça. “Quando a gente fizer isso, eu tenho certeza que a primeira coisa que a gente vai fazer é divulgar se a gente vai gravar essas músicas, se a gente vai terminar o que falta terminar… Tenho certeza que há muita coisa boa ali”.

Desde a adolescência, Marília mantinha o hábito de colecionar cadernos. Além de anotações pessoais, o diário continha dezenas de rascunhos de letras antigas e novas.

“Como o diário está deteriorado e foi encontrado muito molhado, ainda não é possível afirmar com exatidão o que tinha ali. A família está fazendo esse levantamento de maneira pormenorizada”, destacou o advogado Maurício Carvalho.

Ele, que foi a primeira pessoa a reconhecer os corpos de Marília Mendonça e dos demais passageiros do avião bimotor após a tragédia ocorrida na região de Piedade de Caratinga, em Minas Gerais, prosseguiu: “Esse era um diário escrito por ela, e agora a própria família está cuidando disso. Tinham várias letras ali dentro: letras antigas, letras novas”, disse o representante da família da cantora.

Além da cantora e compositora, estavam na aeronave o tio e assessor dela, Abiceli Silveira Dias Filho, o produtor Henrique Ribeiro, o piloto Geraldo Martins de Medeiros e o co-piloto Tarciso Pessoa Viana.

“Havia o medo de a cachoeira levar o avião, que estava num lugar muito instável, impossibilitando o recolhimento de todos os objetos. Quando chegamos lá, encontramos passaportes, documentos, celulares ainda recebendo mensagens, iPads, a sandália dela, roupas”, relembrou Maurício Carvalho, em entrevista ao jornal O Globo. “Foi muito triste e impactante olhar aquilo tudo, as roupas. Colocamos dentro do nosso avião e trouxemos conosco”.

Foto: Reprodução/ TV Globo

HOMENAGEM NA TV

João Gustavo, irmão de Marília Mendonça, e a dupla Maiara e Maraisa participarão da homenagem que o “Fantástico” fará, para marcar o primeiro mês sem a cantora. Essa será a primeira entrevista das irmãs gêmeas após a morte da amiga. A dupla chorou muito e classificou a participação no programa como “um momento muito especial”.

O hit “Esqueça-me Se For Capaz”, do álbum “Patroas 35%”, será cantado ao vivo durante o programa. Atualmente, a canção é a mais reproduzida do Brasil no Spotify, plataforma na qual ela ocupa á liderança de cantora mais ouvida no Brasil, pela terceira vez.

Maju Coutinho, Poliana Abrita, Maiara e Maraisa, Dom Vittor e Gustavo
Foto: TV Globo/ Isadora Neumann

IRMÃO LANÇA DUETO PÓSTUMO E VÊ ESTRELA

Na última sexta-feira, 04 de dezembro, a dupla Dom Vittor e Gustavo lançou o clipe da faixa “Calculista”, um dueto com a Rainha da Sofrência. A faixa foi divulgada “por razão afetiva” com autorização da mãe dos dois, Ruth Moreira.

“Seguir com nosso projeto se tornou uma missão, porque além de ser um desejo nosso, também era o da minha irmã. Teremos sempre em nossa memória as palavras e os ensinamentos que ela fez questão de nos passar. Talvez, o maior deles tenha sido a de sermos nós mesmos sempre, não perder nossa identidade seja qual for a situação”, afirmou Gustavo.

Nessa semana, o irmão de Marília comoveu a web ao publicar a foto de uma estrela brilhante que o acompanhou no céu durante uma viagem. João Gustavo associou o astro à presença da irmã: ” Olha você ali. Você é minha vida. Olha a estrelinha nossa acompanhando a viagem do maninho. Te amo, meu amor”, escreveu o sertanejo, que antes havia compartilhado uma foto ao lado de Marília e se declarou: ”Maninho te ama. Descanse em paz, minha princesa”.

Marília Mendonça com a dulpa Dom Vittor e Gustavo
Reprodução/ Instagram

CAUSA DA MORTE IMPRESSIONA

De acordo com o laudo do médico-legista Thales Bittencourt de Barcelos, a causa da morte de Marília Mendonça, de 26 anos, foi politraumatismo contuso. As informações foram dadas em uma coletiva de imprensa que aconteceu no último dia 25 de novembro, com os detalhes do laudo do Instituto Médico Legal (IML) e do andamento das investigações da Polícia Civil.

Segundo Thales Bittencourt, todos os ocupantes morreram em consequência do choque da aeronave com o solo. Sendo assim, as mortes se deram apenas depois que haviam alcançado o chão.

A polícia agora trabalha com duas linhas de investigação para explicar a queda do avião: 1) a hipótese de que as linhas de transmissão de uma torre da Companhia Energética de Minas Gerais (Cemig) teriam provocado o acidente; 2) a possibilidade de pane nos motores, o que depende de investigação do Cenipa, o Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos. Contudo, não há previsão para que o inquérito seja finalizado.

Outro órgão que passou a se envolver no caso foi o Crea-MG, ou seja, o Conselho Regional de Engenharia e Agronomia de Minas Gerais. O Conselho abriu investigação sobre a instalação de torres de transmissão da Cemig em Caratinga, segundo o delegado Ivan Lopes Sales.

Veja +: Ex-BBB Marcela revela experiência surpreendente com Marília Mendonça

INVESTIGAÇÕES CONTINUAM

O Ministério Público Federal (MPF) instaurou um procedimento administrativo para acompanhar as apurações do caso da queda do avião bimotor que resultou na morte da cantora Marília Mendonça e mais quatro pessoas, no último dia 05 de novembro. O órgão também pediu para ser acionado se constatado algum indício de risco à segurança do tráfego aéreo.

De acordo com o MPF, o procedimento, que não tem caráter de investigação cível nem criminal, foi estabelecido no dia seguinte à queda do bimotor PT-ONJ, King Air, em Caratinga, no interior de Minas Gerais. O MPF ainda enviou ofício ao 3º Serviço Regional de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (SERIPA) requisitando o encaminhamento do relatório final do acidente. Somente em posse do documento o órgão vai analisar a necessidade de adoção de novas medidas cabíveis.

Veja +: Marília Mendonça disse em um show que nunca seria esquecida

Também foi requisitado que, caso constatado algum elemento que confirme riscos à segurança do tráfego aéreo, tal fato seja comunicado imediatamente ao MPF antes mesmo da conclusão das investigações. O procedimento corre sob sigilo.

Aeronave que vitimou Marília Mendonça
Foto: Foto: Carlos Eduardo Alvim/TV Globo

MURILO HUFF E EQUIPE DA CANTORA FAZEM TATUAGEM

Amor eternizado na pele. Assim Murilo Huff, amigos próximos, alguns integrantes da equipe e muitos fãs de Marília Mendonça prestaram mais uma homenagem à cantora, que morreu em um acidente aéreo fatal no último dia 05 de novembro, na Serra da Caratinga, em Minas Gerais. Eles fizeram a mesma tatuagem: a logomarca da turnê “Todos os Cantos”.

O percussionista Kaue Chagas explicou, em um vídeo publicado em suas redes sociais, o que significa o desenho: “Rainha sempre, o infinito para sempre, Jesus para todo o sempre e a cachaça que nós gostávamos”, explicou o músico.

Kaue, que trabalhou com a eterna Rainha da Sofrência ao longo de seis anos, escreveu ainda que a homenagem representa toda a equipe e todos os que subiram ao céu, fazendo referência à cantora, o tio dela e o assessor, que morreram no acidente de avião, quando estavam a caminho de um show.

Veja +: Álbum de Marília Mendonça bate novo recorde no Spotify

Marcos Demetrios, que cuidava do camarim de Marília, também fez a tatuagem junto com a esposa, amiga da cantora. A assessoria de imprensa de Marília Mendonça confirmou que todos da equipe vão fazer a homenagem.

“Essa tatuagem representa muito para mim e para todos que tiveram a honra de ter participado da vida dessas pessoas maravilhosas. Além de grandes profissionais, foram um exemplo de amizade e companheirismo durante anos. “A falta deles sempre será presente nas nossas vidas, mas graças a Deus estamos tendo muito apoio dos nossos amigos e familiares para podermos seguir em frente. Ninguém vai sofrer sozinho, todo mundo vai sofrer”, disse Marcos.

Equipe faz tatuagem em homenagem a Marília Mendonça
Foto: Reprodução/ Instagram @kauechagas

Namorado de Marília Mendonça por cerca de quatro anos, Murilo Huff, pai de Leó, filho único da falecida cantora, também fez a tatuagem. Os fãs perceberam a homenagem durante uma entrevista dele ao Fantástico, no último domingo, 14 de novembro.

Discreto, o cantor e compositor não divulgou a homenagem nas redes sociais. Mas os fãs mais atentos perceberam o desenho nas imagens em que ele apareceu ao lado de Ruth Dias, mãe de Marília, na qual ela contou que os dois terão a guarda compartilhada de Léo. Ao pegar o filho no colo, o sertanejo deixou à mostra a tatuagem no braço direito.

Nas redes, internautas comentaram a novidade: “O Murilo fez a tatuagem com o símbolo da turnê ‘Todos os Cantos’. Ela pra sempre com ele”, escreveu uma fã de Marília. “Sim, parece que o Murilo Huff fez mesmo uma tatuagem pra Marilia. Eu não estava preparada pra isso! Por favor, deem muito amor pra esse homem! Apoiem a carreira dele! Uma pessoa que pensa no bem de outra e querendo compartilhar a guarda do filho, só merece o melhor da vida”, disse outra. “Que legal o Murilo ter feito uma tatuagem com o símbolo de ‘Todos os Cantos’. Muita força para ele”, desejou uma terceira.

O ACIDENTE

O avião teria colidido com um cabo de energia antes de cair. Segundo o empresário Aníbal Martins Julião Júnior, dono do terreno onde o avião se precipitou, logo após o choque, o bimotor perdeu o controle.

Um pedaço de cabo foi encontrado enrolado à hélice de um dos dois motores do avião pela Polícia Civil de Caratinga (MG). O material foi recolhido para perícia. Os destroços e os motores também serão submetidos a análises por técnicos do Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Cenipa).

Veja +: O que vai acontecer com a herança da cantora Marília Mendonça?

A apuração remonta desde a saída do aeródromo de Goiânia até o “o momento do impacto’’, segundo disse o Brigadeiro do Ar Marcelo Moreno ao podcast da Força Aérea Brasileira (FAB). Como a aeronave não tinha caixa-preta, o GPS e os celulares recolhidos no local são alguns dos elementos fundamentais para o trabalho.

Siga OFuxico no Google News e receba alertas das principais notícias sobre famosos, novelas, séries, entretenimento e mais!