Redes Sociais às 15:30

Marília Mendonça disse, em uns dos seus shows, que seria esquecida: “Nunca”

Marília Mendonça ajeitando o cabelo, com vestido brilhante

Foto: Reprodução Instagram @mariliamendoncacantora

Marília Mendonça morreu aos 26 anos, no último dioa 05 de novembro, depois de um acidente aéreo na região da Serra de Caratinga , no interior de Minas Gerais , onde faria apresentação no mesmo dia. Além da cantora, mais quatro pessoas foram a óbito: o assessor e tio Abicieli Silveira Dias Filho, o produtor Henrique Bahia, o piloto Geraldo Medeiros Júnior, e o copiloto Tarciso Pessoa Viana. 

Os fãs da cantora estão viralizando um vídeo, desde o início da semana, gravado durante um dos shows, Marília disse:

“As pessoas vão esquecer Marília Mendonça. Eu juro para vocês que eu já pensei nisso várias vezes… Aí, de repente, me deu a ideia de lançar uma música. Na verdade, algumas músicas, mas essa aqui é totalmente diferente de tudo”, disse numa apresentação em Sorocaba, no interior de São Paulo.

Entre os fãs presentes na ocasião, muitos gritos com a palavra “Nunca”, de nunca esquecer a cantora tão jovem e tão cheia de talento, carisma e sucesso.

Marília explicou ainda mais sobre o tema da canção:

“Não é uma música que vocês se identificam, que vocês viveram a história. E vocês me deram a grande surpresa de até hoje essa música nunca mais sair do top 100 desde quando foi lançada. Eu não tenho palavras para agradecer a vocês por isso”, disse a cantora, sobre a canção “Troca de Calçada” (jan./2021).

Veja+: Mãe de Marília Mendonça reflete sobre dor da morte da filha e a vontade de Deus

Veja+: Marília Mendonça fez imagens momentos antes de embarcar no avião

RELATÓRIO DO IML APONTA A CAUSA DA MORTE DE MARÍLIA MENDONÇA

Uma semana após a morte de Marília Mendonça, começam a sair as primeiras informações a respeito do que a levou a óbito. De modo geral, o público se perguntou o motivo de ela não ter sequer saído com vida da aeronave, que caiu numa cachoeira em Caratinga, no interior de Minas Gerais.

A resposta prévia do Instituto Médico Legal já se tornou pública. Nesta sexta-feira, 12 de novembro, o Jornal Extra, do Rio de Janeiro, confirmou o que alguns olhares mais atentos já apontavam: os órgãos vitais humanos não aguentam a pressão de um pouso tão abrupto como o ocorrido. Portanto, não seria necessário que a aeronave pegasse fogo ou ficasse em pedaços para que o óbito ocorresse. Uma queda abrupta, como a que ocorreu, foi a causa da morte.

O IML deve divulgar o documento oficial em até dez dias. No documento, a causa da morte é dada como “politraumatismo contuso”, ou seja, um trauma instantâneo dos órgãos internos. Dessa forma, a morte teria sido imediata após o acidente e nenhuma das vítimas teria sofrido com dores ou agonizado enquanto o socorro médico não chegava.

Veja+: Homem vende fotos do corpo de Marília Mendonça e assessoria alerta: “Falsas”

O médico legista Pedro Coelho assina o documento. Ele conversou com a publicação carioca e deu mais detalhes do que poderia ter acontecido e das possibilidades da causa da morte. Por exemplo, como a aeronave bateu em cabos de alta tensão, as investigações suspeitaram de uma possível morte por choque. Algo que ele descartou, por não haver indícios de queimadura no corpo.

Além disso, disse ainda que os corpos do piloto e copiloto da aeronave, Geraldo Medeiros e Tarciso Pessoa Viana, respectivamente, foram enviados ao IML de Belo Horizonte. Isso, porque a instituição tem mais recursos na capital mineira. Lá, outros exames devem esclarecer dúvidas a respeito da investigação.

Leia+: Marília Mendonça deixou fortuna que pode chegar a R$500 milhões

Por exemplo, os médicos do IML devem esclarecer se houve ou não uma mal súbito dos pilotos da aeronave. Além disso, exames toxicológicos devem apresentar o estado do corpo e o possível consumo de bebidas ou drogas durante ou antes da decolagem em Goiânia.

HOMENAGEM

Está marcado para o dia 5 de janeiro de 2022 um tributo para Marília Mendonça, que morreu, junto com mais 4 pessoas, no último dia 5 de novembro, após queda de avião na Serra de Caratinga, Minas Gerais.

Trata-se de um jantar/show com Maiara e Maraísa, promovido pelo Hospital do Amor (antigo Hospital do Câncer de Barretos) – presidido por Henrique Prata – e pela Santa Casa de Misericórdia de Barretos, numa parceria com a Liberfós Fertilizantes. O evento vai acontecer à partir das 20 horas, no Centro de Eventos Dr. Paulo Prata, em Barretos (SP).

Leia+: O último vídeo: Marília Mendonça fez imagens momentos antes de embarcar no avião

O evento, marcado por solidariedade e amor, será ainda mais especial: as estrelas da noite Maiara & Maraísa, parcerias do HA, farão um tributo em homenagem à cantora e querida amiga do hospital, Marília Mendonça. Toda a renda arrecadada será destinada às instituições. Participe! Mas corra, porque as mesas são limitadas”, diz o comunicado.

Quem estiver interessado em participar, pode entrar em contato para reservas de mesas através do telefone (17) 98203-7992.

PRINCIPAIS NOTÍCIAS:
Marília Mendonça: O que vai acontecer com a herança da cantora?
Vote na enquete: Quem deve ser o fazendeiro da semana e se livrar da Roça?
A Fazenda 13: Veja como foi a formação da roça da semana
Murilo Huff e equipe de Marília Mendonça fazem tatuagem para homenagear a cantora
Ex-A Fazenda Liziane Gutierrez é presa em festival nos Estados Unidos