Polêmica às 07:15

Michel Teló é acusado de invadir sítio para gravar clipes

Michel Teló cantando

Foto: Reprodução/ Youtube Michel Teló

O cantor Michel Teló foi cobrado na Justiça de São Paulo pelos proprietários de um sítio no distrito de Catuçaba, na capital paulista. Os autores da ação alegam que jurado do ‘The Voice Brasil” e sua equipe teriam invadido o sítio para gravar videoclipes lançados a partir de 2020.

Ao colunista Ancelmo Gois, do jornal O Globo, os proprietários informaram que não deram autorização de acesso ao sítio. Eles garantiram que as gravações dos clipes “O Tempo Não Espera Ninguém”, “Sonhos e Planos”, “Para Ouvir no Fone” e “Verão de um Amor Caipira” aconteceram dentro da propriedade.

O pedido dos donos é de R$ 100 mil de indenização, somados os danos material e moral. O caso está no Foro de São Luiz do Paraitinga.

Em nota, a assessoria de imprensa do marido de Thaís Fersoza afirmou que não recebeu qualquer aviso sobre o processo pelo qual o cantor é acusado: “O escritório do cantor Michel Teló vem por meio desta esclarecer que não recebeu qualquer informação, citação ou aviso sobre o processo pelo qual o cantor está sendo acusado de usar um sítio para gravações de clipes, sem autorização. Portanto, não temos nada a declarar sobre o mesmo”.

Veja +: Michel Teló curte dias de folga com a mulher e os filhos

PRINCIPAL HIT DE TELÓ TAMBÉM FOI CASO DE JUSTIÇA

Maior sucesso da carreira de Michel Teló, o hit “Ai Se Eu Te Pego”, lançado em 2011, foi a terceira música brasileira a ultrapassar a marca de um bilhão de visualizações no Youtube, mas rendeu processos e dor de cabeça a uma das compositoras, Sharon Acioly.

Inicialmente, ela dividia os créditos de “Ai Se Eu Te Pego” com Antonio Dyggs, empresário e dono de uma casa de shows em Feira de Santana, na Bahia. Ele conheceu o funk “Nossa, Assim Você me Mata! Ai, se eu te Pego! Ai, ai, se eu te Pego!” em 2008, interpretado por Sharon, na época animadora de palco do clube Axé Moi, em Porto Seguro, e famosa por ter viralizado na web a “Dança do Quadrado”.

Como um forró, “Ai Se Eu Te Pego” foi gravado pelos grupos Os Meninos de Seu Zeh (empresariado por Dyggs), Cangaia de Jegue e Garota Safada (de Wesley Safadão) até entrar para o repertório de Michel Teló. O clipe, publicado no YouTube em 25 de julho de 2011, repercutiu nas principais redes sociais da época (Facebook e Twitter) e ganhou coreografia repetida nos campos de futebol por Neymar e Cristiano Ronaldo, que ajudou a espalhar a canção pela Europa. A música liderou as paradas musicais em mais de 20 países na Europa e na América.

Contudo, dos palcos, “Ai Se Eu Te Pego” foi parar nos tribunais. Três estudantes reivindicaram a autoria do refrão cantado por Sharon Acioly no litoral baiano e também aparecem nos créditos da música: Aline Medeiros da Fonseca, Amanda Grasiele Mesquita Teixeira da Cruz e Karine Assis Vinagre. Outro trio de jovens também entrou na Justiça, porém não obtive o reconhecimento da composição. O caso chegou ao STJ (Superior Tribunal de Justiça), e por pouco Michel Teló não foi impedido de cantar seu principal hit.

CADÊ O MEU DINHEIRO?

E não foi só briga judicial por autoria do hit. Em 2013, Sharon Acioly notificou a editora Panttanal, que pertence à família de Michel Teló. Ela queria uma prestação de contas referentes aos contratos que envolviam “Ai, Se Eu Te Pego” e afirmou na época que desde que a música virou sucesso, havia recebido apenas R$ 100 mil.

Na ocasião, os advogados de Sharon também a defenderam no caso das três jovens que bloquearam a arrecadação recebida com a canção, dizendo que também seriam autoras e que queriam o mesmo direito concedido a outras três estudantes, em 2012.

TELÓ CONTA A OFUXICO COMO CONHECEU O HIT QUE MUDOU SUA VIDA

Quando ouviu uma música, que uma pessoa de sua produção cantava animadamente nos bastidores de um show em uma festa de São João no nordeste, Michel Teló não imaginou o quanto aquele momento mudaria sua vida.

“Foi assim que conheci a Ai se eu Te Pego. Uma pessoa da minha equipe chegou cantando e eu perguntei que música era aquela. Ela me disse que era de uma dupla de compositores lá do nordeste, Sharon e Diggs. Eu gostei e pedi para me enviar por email. Quando ouvi, tranquilo, em casa adorei, fiz um arranjo no meu estilo e acreditei que a música podia dar certo”, contou Michel Teló a OFuxico, em 2011.

Mas não se pode dizer que “Ai Se eu Te Pego” deu certo. A canção se tornou simplesmente um fenômeno em todo o Brasil e no mundo. “Cantei a música, pela primeira vez, em julho, em uma apresentação em Curitiba. Aí colocamos o vídeo na internet e já começou a fazer um bom sucesso”, explicou o cantor.

A composição ganhou ainda mais destaque depois que craques do futebol começaram a usá-la para comemorar gols nos gramados do Brasil, com Neymar sendo o primeiro, e do mundo, com o craque Cristiano Ronaldo.

PRINCIPAIS NOTÍCIAS
Luisa Sonza arrasa no look em gravação de DVD de Mumuzinho
Plateia do ‘Faustão na Band’ vai passar por revista na emissora
Cardi B e Kenye West fecham parceria musical

Siga OFuxico no Google News e receba alertas das principais notícias sobre famosos, novelas, séries, entretenimento e mais!