LGBTQIA+ às 16:10

Luciano Huck revela ter ficado em choque quando irmão se assumiu gay

clique de fernando grostein e luciano huck juntos em passeio de barco

Reprodução/Instagram @grosteinandrade

Luciano Huck está prestes a estrear o “Domingão do Huck”, o mais novo passo de sua carreira profissional na TV Globo e que tem tudo para ser um grande sucesso que irá suceder o “Caldeirão do Huck” e o “Domingão do Faustão”.

Porém, este não é o único projeto em questão que o apresentador está tornando realidade, o livro de “De porta em porta”, escrito durante a quarentena da pandemia do coronavírus e atualmente sendo lançado pela editora Globo Livros.

Em dado momento, o astro abriu o coração e relembrou o ano de 1999, quando seu irmão, Fernando Grostein, se assumiu gay para toda a família, revelando ter ficado em choque na época.

“Quando Fernando, aos 20 anos, marcou sua posição e falou, ‘olha, eu sou gay’, essa é minha vida, isso não é uma escolha, esse é o meu ser, é como eu sou’, eu disse: ‘o.k.’. Mas, num primeiro momento, tive um certo choque”.

“Foi por razões que têm a ver com a forma obtusa, estúpida e quase desumana como o mundo dita as regras de comportamento, mas também porque você quer que a vida da pessoa que ama seja uma estrada asfaltada, sem buracos e pouco sinuosa”, explicou ele.

Veja+: “Nunca falei que seria candidato a qualquer coisa”, afirmou Luciano Huck

CRÍTICA AO PRECONCEITO ENRAIZADO

Em seguida, Luciano Huck aproveitou para falar do preconceito sofrido pela comunidade LGBTQIA+, e como estes tipos de agressões são enraizados na sociedade, o chamado “preconceito institucional”.

“No mundo em que vivemos, (…) embora isso esteja mudando, assumir-se gay ainda significa, infelizmente, enfrentar uma dose pesada de preconceito”, afirmou o comunicador, reforçando que precisou quebrar alguns preconceitos obtidos durante sua trajetória.

Veja+: Último “Caldeirão do Huck” causa nostalgia entre o público

“Dada a toda carga de referências machistas e homofóbicas que a sociedade brasileira me entregara – e o preconceito e o sofrimento que imaginei que isso traria para o Fernando e para a minha família – minha primeira sensação foi, de fato, a de perder o chão”.

“Começa ali um embate entre tudo o que tinha entranhado em mim, fruto daquilo que hoje é chamado de machismo estrutural, e minha tentativa de tentar compreender e processar as novas informações e formar uma nova consciência”, completou Luciano Huck.

PRINCIPAIS NOTÍCIAS:

Ilha Record: Antonela pede perdão aos adversários e revela que o “reality a engoliu”

Ilha Record: Laura e Mirella disputam permanência no jogo após novo erro de Any

Ex de Murilo Becker o acusa de agressões, traição com travesti e famosa promoter

Com infecção pulmonar, Sérgio Mamberti é intubado e quadro é delicado

Acusada de plagiar Pabllo Vittar, Juliette muda capa do primeiro EP