Premiações às 06:00

Oprah Winfrey quer que Meghan Markle e Príncipe Harry a acompanhem no Emmy

Reprodução/Instagram

Oprah Winfrey está nominada aos prêmios Emmy, graças à entrevista que ela fez em março passado com os Duques de Sussex, Meghan Markle e Príncipe Harry, onde o casal detonou a família real britânica com revelações sem precedentes.

A entrevista foi indicada ao prêmio de melhor não ficção organizada ou série especial, e agora, segundo o jornal The Guardian, Winfrey convidou os duques para acompanhá-la na entrega da premiação, que acontece dia 19 de setembro em Los Angeles.

De acordo com publicação, os organizadores do grande evento televisivo entraram em contato com Harry e Meghan na semana passada.

Não se sabe ainda se o casal vai realmente acompanhar Oprah, embora também comenta-se que eles poderiam apresentar um dos prêmios.

Veja+: Pai de Meghan Markle detona Oprah Winfrey

Mas a notícia vem depois que a Academia de Televisão emitiu um comunicado avisando sobre o limite de pessoas que poderão atender à premiação, devido aos casos crescentes de Covid-19 na Califórnia.

O comunicado afirmava: “As equipes nominadas só terão direito a quatro ingressos por nominação. Infelizmente isso significa que não todos os nominados poderão ir ao prêmio este ano”.

Com apenas quatro lugares disponíveis, Oprah terá que decidir se convida os Sussex para se juntarem a ela, sua família ou sua equipe.

OPRAH: FALSA E AMBICIOSA?

Rose McGowan usou as redes sociais para criticar a apresentadora Oprah Winfrey e sua ‘dupla moral’. A atriz publicou uma foto antiga de Oprah dando um beijo no depredador sexual Harvey Weinstein durante os prêmios de 2014, Critics ‘Choice Movie Awards.

McGowan, que em 2018 recebeu o título de ‘Homem do Ano’ da revista GQ, que pela primeira vez em sua história no Reino Unido deu o reconhecimento a uma mulher, devido às denúncias que ela fez contra Weinstein, iniciando-se assim o movimento #MeToo contra o abuso sexual e assédio em Hollywood.

No domingo, 29 de agosto, a atriz falou sobre sua desconfiança em Oprah em um tweet, chamando-a de ‘falsa’ por não apoiar as vítimas de agressão sexual, como foi seu caso, e pelo fato da apresentadora desistir de produzir um documentário sobre as vítimas do produtor musical Russell Simmon.

“Estou feliz por estar vendo a horrível verdade de @Oprah. Gostaria que ela fosse real, mas ela não é. De ser amiga de Weinstein a abandonar e destruir as vítimas de Russell Simmon, ela é sobre apoiar uma estrutura de poder doentia para ganho pessoal, ela é tão falsa quanto parece”, cutucou.

Veja+: Oprah Winfrey faz triste revelação sobre sua infância

Os comentários da atriz estão relacionados a uma entrevista de Oprah com Dolly Parton, onde a apresentadora americana tentou, segundo Rose, ‘envergonhar’ a cantora dizendo: ‘ouvi dizer que você entrou em uma depressão enorme quando fez 40 anos’. E Dolly não se deixou levar:

“Não foi porque eu fiz 40, foi porque eu estava gorda e tinha 40”, brincou a atriz e cantora, antes de acrescentar: “Eu realmente tinha muitos problemas naquela época, muitos problemas femininos. Só hormônios… “, indicou.

Um usuário do Twitter comentou: “Eu sinto que Oprah queria que ela ficasse envergonhada, mas a Dolly disse que não.”

O clipe gerou uma discussão mais ampla sobre os vínculos anteriores de Oprah com Weinstein e Simmons, que foram acusados ​​de má conduta sexual, estupro e abuso contra várias mulheres no decorrer de suas carreiras.

PRINCIPAIS NOTÍCIAS:

Fernando Zor abre o jogo sobre término com Maiara: ‘Melhor decisão’

Ex-Panicat Dani Bolina está grávida do primeiro filho

Kourtney Kardashian se irrita e exclui fotos sem photoshop

Perfil de Roberto Carlos no Instagram presta homenagem a Dudu Braga

Internado, Pelé presta homenagem a Dudu Braga e manda recado para Roberto Carlos