Notícias às 11:00

Travis Scott dá número errado de apoio às vítimas de seu show

Travis Scott segurando o celular

Foto; Reprodução/Instagram/@travisscott

Travis Scott ainda tenta acertar após a tragédia vivida em seu show no Festival Astroworld, que deixou oito mortos e vários feridos. E com o intuito de apoiar as pessoas que se viram afetadas pelo acidente do dia 5 de novembro ele disponibilizou um número telefônico em suas redes sociais para que os fãs pudessem ligar e obter terapia gratuita.

Mas, segundo o site TMZ, o número de telefone publicado por Scott, 844-950-6264 – foi misteriosamente eliminado da página do cantor.

Quando as pessoas telefonavam para o número em questão, eram atendidos por uma ligação automática de uma agência do governo.

Posteriormente o número foi corrigido e Travis postou o número de ajuda correto da NAMI (sigla em inglês para Doenças Mentais da National Alliance), onde os afetados no show poderão falar imediatamente com uma equipe bem treinada.

Veja+: Travis Scott enfrenta processos por causa de tragédia

O NAMI disse: “Uma equipe bem treinada e experiente de voluntários, estagiários e funcionários da HelpLine responde a chamadas e consultas por e-mail. Os membros da equipe e voluntários têm experiência em viver com uma condição de saúde mental ou no fornecimento de cuidados e apoio a um membro da família com uma condição, e, portanto, melhor capaz de compreender e ter empatia.”

Scott também fez parceria com a BetterHelp, um serviço de saúde mental. Eles estão oferecendo uma parceria com Scott para dar um mês de terapia gratuita aos participantes do festival.

Veja+: Fortnite elimina emotes de Travis Scott

PROCESSOS

Na sexta-feira 5 de novembro, o festival Astroworld, realizado em Houston, no Texas, virou palco de uma tragédia quando uma avalanche humana deixou oito mortos, com idades de 14 a 27 anos, e outras 300 pessoas ficaram feridas. A polícia local já está conduzindo uma investigação para determinar o que causou o acidente, mas enquanto não surge um ‘culpado’, duas pessoas que ficaram gravemente feridas, entraram com uma ação contra Travis Scott, os organizadores do evento Live Nation e até Drake!

Segundo o site TMZ, Manuel Souza e Kristian Paredes pedem uma indenização milionária, de acordo com documentos: “Os réus não planejaram nem realizaram o evento com segurança”, indicam.

Manuel Souza explicou que quem organizou o evento ignorou os riscos de um festival daquela magnitude, com 50 mil pessoas:

“Eles conscientemente ignoraram os riscos extremos de danos aos frequentadores dos shows e, em alguns casos, encorajaram ativamente o comportamento perigoso. Sua negligência causou ferimentos graves.”, explica Manuel, se referindo a que quando Drake subiu no palco com Scott, o caos foi total.

Até o momento se sabe que durante o show de Scott milhares de pessoas começaram a se empurrar para a frente para chegar mais perto do palco, causando pânico entre os presentes que tentaram sair, alguns não conseguiram e foram pressionados, pisoteados.

Segundo informes oficiais, não se conhece o motivo que incentivou os que estavam no festival a criar uma verdadeira avalanche humana que acabou com a vida de oito pessoas. Também foi relatado que várias pessoas acabaram com parada cardíaca, incluindo uma criança de 10 anos.

Tanto Souza como Paredes estão pedindo uma indenização de US$ 1 milhão (R$ 5,5 milhões).

PRINCIPAIS NOTÍCIAS
Erika Schneider e James Rodriguez estão se conhecendo melhor
A Fazenda 13: Tiago Piquilo é o 9º eliminado do reality rural
Maiara e Maraísa cantam no culto de 7º dia de Marília Mendonça
Donatella Versace está fazendo vestido de noiva de Britney Spears
Anitta lança o clipe mais sensual de sua carreira. Assista!