Covid-19 às 08:20

Brasil tem 567 mil vítimas fatais da Covid-19. Relembre os famosos que morreram por conta da doença

Fotos: Paulo Vitale/ Reprodução/ TV Globo

Dados revelados pelo consórcio de imprensa destacam que o Brasil registra atualmente a marca de 567 mil óbitos em decorrência do coronavírus. Um boletim emitido pela Fundação Osvaldo Cruz na quinta-feira, 12 de agosto, ressalta ainda que esse número pode subir consideravelmente, sobretudo no Rio de Janeiro, onde a nova variante delta tem mais casos. Das 96 cepas identificadas no país, o Rio tem 32 casos.

A morte do ator Tarcísio Meira, aos 85 anos, por complicações da Covid-19, soma-se a tantas outras de anônimos e famosos que tiveram suas vidas ceifadas pela pandemia, que engloba uma série de fatores envolvendo a saúde pública e a política do país.

Além da dor e da saudade, fica a indignação pelo atraso da vacina, o que, comprovadamente, já poderia ter amenizado muitas lágrimas e minimizado a situação. No campo das artes, um alento desde sempre para a humanidade, além dos diversos eventos cancelados em todos os países, muitas celebridades já testaram positivo e muitas morreram desde março de 2020.

Relembre alguns: 

TARCÍSIO MEIRA

Tarcísio morreu na última quinta-feira, 12 de agosto, aos 85 anos. Ele havia tomado as duas doses do imunizante e deu entrada no Hospital Albert Einstein no dia 06 de agosto. Mulher do falecido artista, Glória Menezes testou positivo na mesma ocasião que ele e segue internada, mas em bom estado.

DANIEL AZULAY

O cartunista, desenhista e pintor morreu no dia 27 de março do ano passado, aos 72 anos. Ele já lutava contra a leucemia quando contraiu o coronavírus. Ele marcou a vida de muita gente nos anos 70 e 80, tendo ganhado notoriedade no Brasil inteiro após participar de programas infantis e educativos, como a Turma do Lambe Lambe. 

CIRO PESSOA

Um dos fundadores da banda Titãs, o cantor, compositor e guitarrista morreu em 05 de maio de 2020, aos 62 anos. Ciro lutava contra um câncer, mas acabou infectado pelo coronavírus. Além do hit “Sonífera Ilha”, ele compôs também o sucesso Homem Primata. Budista, atendia pelo nome de Dharma Tenzin Chöpel e mantinha o grupo Nu Descendo a Escada.

Veja quem são os famosos curados do coronavírus
Confira os famosos internacionais que tiveram ocoronavírus

NINO VOZ

Em 24 de abril do ano passado, Simony usou seu Instagram para contar que o músico Nino Voz, vocalista de apoio na turnê do Balão Mágico, morreu após contrair a Covid-19.

RODRIGO RODRIGUES

O apresentador morreu aos 45 anos, em 28 de julho do ano passado, vítima de trombose venosa cerebral decorrente da Covid-19, após alguns dias internado num hospital da Zona Oeste do Rio de Janeiro.

EDUARDO GALVÃO

O ator perdeu a batalha contra o coronavírus em 07 de dezembro de 2020, aos 58 anos, após dias internado num hospital na Barra da Tijuca, Zona Oeste do Rio, onde precisou ser intubado por causa de complicações da doença. Eduardo Galvão tinha dado entrada na unidade de saúde com cerca de 50% dos pulmões comprometidos.

GENIVAL LACERDA

O intérprete de “Severina Chique-Chique” morreu aos 89 anos, no dia 07 de janeiro deste ano. O cantor paraibano estava internado desde o dia 30 de novembro de 2020 na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Unimed I, na Ilha do Leite, na área central da capital pernambucana.

NICETTE BRUNO

A atriz de 87 anos tomava todos os cuidados e não saia de casa. Mas foi internada com Covid-19 na Clínica São José, na Zona Sul do Rio, no dia 26 de novembro do ano passado. Ela chegou a apresentar melhoras, mas o estado agravou e ela precisou ser intubada. Nicette morreu em 20 de dezembro de 2020.

ZEZINHO CORRÊA

O vocalista da banda Carrapicho (“Bate forte o tambooooor!”) morreu no dia 6 de dezembro do ano passado, aos 69 anos, após ficar internado em estado grave num hospital particular em Manaus.

RODELA

O humorista morreu no dia 2 de dezembro do ano passado, aos 66 anos. Ele ficou internado por duas semanas na UTI de um hospital da Grande São Paulo.

GÉSIO AMADEU

O ator morreu aos 73 anos, no dia 05 de agosto do ano passado. Diabético, ele acabou infectado em uma de suas consultas médicas. Gésio estava internado no hospital Sancta Maggiore, em São Paulo, desde junho.

UBIRANY

Um dos fundadores do tradicional grupo de samba Fundo de Quintal, morreu no dia 11 de dezembro do ano passado, aos 80 anos, após pouco mais de uma semana internado no Rio de Janeiro.

DAISY LÚCIDI

A atriz e radialista morreu em 07 de maio de 2020, aos 90 anos. Ela estava internada no Centro de Terapia Intensiva (CTI) do Hospital São Lucas, em Copacabana, desde o dia 25 de abril, para tratar a infecção do novo coronavírus.

ALDIR BLANC

O compositor e escritor morreu aos 73 anos em 04 de maio de 2020, com infecção generalizada em decorrência do novo coronavírus. Ele estava internado no CTI do Hospital Universitário Pedro Ernesto, em Vila Isabel, na Zona Norte do Rio, desde o dia 20 de abril do ano passado.

PAULINHO

O vocalista do Roupa Nova morreu aos 68 anos, no dia 14 de dezembro do ano passado. Ele havia sido internado em novembro e precisou ser intubado. Cerca de três meses antes, ele passou por um transplante de medula óssea autólogo, procedimento em que as próprias células-tronco do paciente são usadas para a cura do linfoma, um tipo de câncer que atinge o sistema linfático.

KLEBER

O cantor sertanejo da dupla Kleber e Kaue, morreu no dia 5 de julho deste ano, aos 37 anos. Ele deu entrada no Hospital Estadual de Américo Brasiliense (HEAB), em Américo Brasiliense, no interior de São Paulo, em maio, e estava intubado desde então.

JOÃO ACAIABE

O intérprete do Tio Barnabé da segunda versão do “Sítio do Picapau Amarelo” e do Chicão, de “Chiquititas”, morreu em São Paulo, no dia 31 de março deste ano, aos 76 anos. Ele foi internado no Hospital Sancta Maggiore, no bairro da Mooca, no dia 21 do mesmo mês e estava intubado. De acordo com parentes, ele faleceu após sofrer duas paradas cardíacas.

AGNALDO TIMÓTEO

O cantor e político morreu em 4 de abril de 2021, aos 84 anos. Ele estava internado no hospital Casa São Bernardo, na Barra da Tijuca, Zona Oeste do Rio, desde o dia 17 de março.

PAULO GUSTAVO

A batalha do comediante de 42 anos contra a doença começou com a sua internação, no dia 13 de março de 2021, no hospital Copa Star, na Zona Sul do Rio. Ele foi intubado no dia 21 do mesmo mês, depois de sentir dificuldade para respirar. No dia 2 de abril, seu estado de saúde se agravou, e a equipe médica decidiu iniciar terapia por Oxigenação por Membrana Extracorpórea (ECMO). No dia 4 de maio deste ano, Paulo faleceu.

NELSON SARGENTO

Imunizado, o sambista mangueirense morreu aos 96 anos no dia 27 de maio deste ano. Ele estava internado desde o dia 20 de maio no Instituto Nacional do Câncer (Inca), onde já havia tratado um câncer de próstata há dez anos. Seu estado agravou na véspera de sua morte, quando começou a respirar com auxílio de máscara de oxigênio após ter uma piora do padrão ventilatório e hipertensão.

NÚMEROS DE VÍTIMAS FATAIS NO BRASIL

O Brasil registrou na quinta-feira, 12 de agosto, 975 mortes por Covid-19 nas últimas 24 horas, totalizando 566.988 óbitos desde o início da pandemia. A média móvel de mortes nos últimos 7 dias chegou a 884. São agora 13 dias seguidos com essa média abaixo de 1 mil. Em comparação à média de 14 dias atrás, a variação foi de -13% e aponta tendência de estabilidade.

O país tem ainda um 35.571 casos registrados do novo coronavírus nas últimas 24 horas, com 20.284.747 confirmados no total. Com isso, a média móvel nos últimos 7 dias foi a 31.229 diagnósticos por dia –menor marca desde 25 de novembro (quando estava em 31.356). Isso representa uma variação de -12% em relação aos casos registrados na média há duas semanas, o que indica estabilidade, após uma semana de queda significativa nos casos.

Os números estão no novo levantamento do consórcio de veículos de imprensa sobre a situação da pandemia de coronavírus no Brasil, consolidados às 20h de quinta, 12. O balanço é feito a partir de dados das secretarias estaduais de Saúde.

PRINCIPAIS NOTÍCIAS:

Ilha Record: Nadja surta e bate boca com Antonella, Thomaz e Pyong

Apresentador do “É De Casa” testa positivo para Covid-19

Marcos Mion grava com Tatá Werneck e rasga elogios à apresentadora

Príncipe Harry e Meghan Markle podemfazer estreia triunfal em Hollywood